• Diamantino, 21/10/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
PECUÁRIA

Acrimat percorrerá mais de 30 municípios mato-grossenses com palestra sobre agregação de valor à pecuária 175


Fotografia: assessoria/arquivo

A agregação de valor em todas as etapas da pecuária de corte é o foco da 8ª edição do Acrimat em Ação, maior projeto itinerante da atividade no Estado. Realizado pela Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), o evento vai percorrer 33 municípios de todas as regiões produtoras com a palestra “Do pasto ao prato: agregação de valor à pecuária de corte” para mais de 4 mil pecuaristas.

Este ano, segundo a assessoria, a Acrimat buscou um tema que atendesse o principal objetivo de todos os produtores, aumentar a renda na produção por meio da agregação de valor ao produto, independentemente do sistema produtivo adotado. Ou seja, como a cria, a recria e a engorda de animais podem ser mais lucrativas para o produtor e o produto final mais satisfatório para os clientes?

O presidente Marco Tulio Duarte Soares explica que o sucesso se consolida quando o pecuarista fideliza o cliente final e o caminho para alcançar este resultado está no investimento em tecnologia. “Existe disponível um pacote tecnológico capaz de aumentar a eficiência da pecuária todas as etapas produtivas. Mas, a aplicação correta das ferramentas depende de planejamento e o retorno do investimento está diretamente relacionado à qualidade do produto que oferecemos”, afirma.

Não é de hoje que o pecuarista está mais comprometido com a sustentabilidade, econômica e ambiental, de seu negócio. Dados apontam que o rebanho mato-grossense aumentou 12% de 2007 para 2017 (de 25,7 milhões para 29,7 milhões), sendo que a área de pastagem reduziu 4,2%. Essa redução, na prática, significa aumento de produtividade. Existem outros números que mostram o ganho em eficiência, como a redução da idade média de abate dos animais.

Em 2017, 4% dos abates eram de animais com menos de 24 meses. Em 2017 este índice passou para 15% do total abatido. Quanto mais cedo a terminação, menor o custo de produção e melhor a qualidade da carne. E muito ainda pode ser feito e para auxiliar o produtor na busca por melhores resultados.

A Acrimat convidou este ano o engenheiro agrônomo da Scot Consultoria, Marco Tulio Habib Silva. Ele tem o desafio de apresentar ferramentas capazes de agregar valor à produção, seja de genética, bezerro, garrote, novilha ou boi gordo e acredita que o Acrimat em Ação é o projeto ideal para isso. “Esta é uma iniciativa de fomento e de difusão de conhecimento. Mato Grosso é referência em pecuária, não somente por ter o maior rebanho do Brasil e ter melhorado os índices de produtividade nos últimos anos, mas também pelo trabalho desenvolvido pelas entidades de classe ativas”, analisa o palestrante.

Veja também

CONFORME DPVAT Acidentes de trânsito com vítimas caem 18% até agosto
OPORTUNIDADE Prefeitura abre processo seletivo para todos os níveis de escolaridade; salários chegam a R$ 12,4 mil
CAMPANHA Prefeitura Municipal realiza ações de fortalecimento do Outubro Rosa
ZONA RURAL Estrada que dá acesso ao assentamento Nossa Senhora Aparecida recebe recuperação
ECONOMIA Projetos de investimentos para construção da Ferrogrão serão apresentados em Sinop
COMPARTILHANDO FELICIDADE Empresa distribui mais de mil doces e brinquedos em comemoração ao dia das crianças
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados