• Diamantino, 21/11/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
DESDOBRAMENTOS

Dono da JBS diz que articulou nomeação de Rodrigo Figueiredo para favorecer empresas 183


Fotografia: Reprodução

Em delação premiada à Procuradoria-Geral da República em 2017, o empresário Joesley Batista, alvo da operação Capitu deflagrada na manhã de hoje (9) pela Polícia Federal, revelou que atuou em um esquema de corrupção montado no Ministério da Agricultura para favorecer suas empresas e reverter em propinas pagas ao político e seu braço-direito.

Na delação, conforme reportagem do Valor Econômico, Joesley asseverou que os dois intermediaram em 2013 a nomeação do mato-grossense Rodrigo Figueiredo para o cargo de secretário de Defesa Agropecuária do Ministério (SDA). O departamento é  responsável pela sanidade agropecuária no país. Na época, o advogado Rodrigo, negou que a indicação tenha sido feita por Joesley.

Ainda segundo a delação, Figueiredo era ligado a Toninho Andrade, ministro da Agricultura à época e, pelos relatos de Joesley, assinou vários “atos de ofício” que favoreciam a J&F e ainda rendeu propinas no valor total de R$ 7 milhões a Funaro e Cunha. O mato-grossense ocupou cargos de destaque durante os governos de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), quando chegou a ser ministro das Cidades, e de Dilma Roussef (PT).

Operação Capitu

O vice-governador de Minas Gerais, Antonio Andrade (MDB), os ex-executivos da JBS Joesley Batista e Ricardo Saud e mais nove foram presos nesta sexta-feira (9) em uma operação que investiga suposto esquema de corrupção no Ministério da Agricultura durante o governo da presidente Dilma Rousseff (PT).

VEJA A LISTA DE PRESOS

Antonio Andrade, vice-governador de Minas e ministro da Agricultura de março de 2013 a março de 2014

Joesley Batista, dono da JBS

Ricardo Saud, ex-executivo da JBS

Demilton de Castro, executivo da JBS

João Magalhães, deputado estadual pelo MDB de MG

Neri Geller, deputado federal eleito pelo PP de MT e ministro da Agricultura de março de 2014 a dezembro de 2015

Rodrigo Figueiredo, ex-secretário de Defesa Agropecuária

Mateus de Moura Lima Gomes, advogado

Mauro Luiz de Moura Araújo, advogado

Ildeu da Cunha Pereira, advogado

Marcelo Pires Pinheiro

Fernando Manoel Pires Pinheiro

Dono da JBS diz que articulou nomeação de Rodrigo Figueiredo para favorecer empresas

Veja também

MOVIMENTO MBL começa a ganhar força em Tangará
DEBOCHE Aumento de salário dos togados do STF vai custar R$ 6 bilhões aos cofres públicos
VOTAÇÃO Carlos Alberto da Rocha é eleito presidente; Maria Helena será vice
Exemplo Candidato que bradava contra a corrupção é acusado de caixa 2 e não pagar cabos eleitorais
PEPINO Mauro estuda alternativas para manter o MT Saúde, mas não descarta extingui-lo
Assédio Justiça do Trabalho concede liminar em ação do MPT para coibir assédio eleitoral em empresas
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados