INFECÇÃO GRAVE

Homem entra no mar 5 dias após fazer tatuagem e morre 349


Um homem de 31 anos, que não teve o nome divulgado, morreu cinco dias depois de fazer uma tatuagem na panturrilha direita. O sujeito, segundo o jornal britânico The Sun, desconsiderou os conselhos do tatuador de aguardar pela cicatrização do local onde fez o desenho e foi até uma praia no Golfo do México — cujo local também não foi especificado. Ele entrou no mar e, no dia seguinte, acordou sentindo dores pelo corpo. Sofria com febre e manchas e erupções no local da tatuagem.

O homem, de origem hispânica, como informou o tabloide britânico, foi internado num hospital dois dias depois. O quadro tinha piorado ainda mais. Médicos constataram que ele tinha contraído, no local não cicatrizado, uma bactéria mortal chamada Vibrio vulnificus, que devora a carne humana].

A essa altura o ferimento na panturrilha já tinha aumentado e o homem ficara ainda mais debilitado. A pele dele ficou rasgada no lugar onde a tatuagem foi feita.

Para piorar, disseram os médicos, o homem sofria de cirrose. Bebia, segundo foram informados, até seis garrafas de cerveja diariamente. "Por ter o fígado enfraquecido, ele ficou ainda mais vulnerável à bactéria", disseram os profissionais que atenderam o tatuado.

O quadro do paciente se agravou um dia após dar entrada no hospital e ele foi entubado. Ficou na Unidade de Tratamento Intensivo.

O homem que entrou no mar cinco dias depois de fazer a tatuagem na panturrilha começava a lutar para viver na UTI, agora com choque séptico — seus órgãos começavam a falhar por causa da infecção. Ficou duas semanas na UTI, informou o britânico Daily Mail, amparado pelos aparelhos.

Os médicos acreditavam que ele estava melhorando. Mas a infecção não deu trégua e o organismo dele sucumbia durante o tratamento.

Por causa da bactéria, os rins começaram a falhar. Acabou morrendo dois meses após dar entrada no hospital, na semana em que fez a tatuagem e foi tomar banho de mar.

Veja também

CÁCERES MP aponta irregularidades e tenta anular processo seletivo
VLT Trens do VLT podem parar na África e secretário diz ser possível operar trecho até o fim de 2018
BOLADA Mega-Sena acumula e pagará prêmio de R$ 32 milhões
SAÚDE Nobres receberá R$ 1,5 milhão da Votorantim para utilizar na Saúde
DESEMPREGO Desemprego em Mato Grosso atinge menor patamar dos últimos quinze meses
SELETIVO Guarantã no Norte abre processo seletivo para contratação de agentes de saúde; salário de R$ 1,2 mil
Publicidade

Copyright © 2013 - 2017 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados