• Diamantino, 21/05/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
JULGAMENTO

Neurilan fala que povo vai julgar deputados que foram contra a decisão do PSD 1029

Quatro deputados foram contra e garantiram apoio à Pedro Taques.


Fotografia: Reprodução

O presidente da Associação Mato-Grossense dos Municípios, Neurilan Fraga (PSD) destacou que a população deve julgar comportamento infiel dos deputados estaduais do PSD que foram contra decisão partidária e mantiveram apoio ao governador Pedro Taques (PSDB).

Na ocasião, Fraga explicou que não há o que avaliar sobre os parlamentares descumprirem o desejo do diretório, mas é uma situação que pode refletir na hora do voto. "As eleições estão chegando, quem vai avaliar as atitudes dos políticos é o povo, em outubro o povo dará a resposta se aprova ou não atitudes como esta", contou.

O presidente  comentou que fazer política deve ser por meio de ideias e construção partidária e não individual como sinalizaram os deputados. "Não se faz política sem político, o nosso PSD está discutindo e construindo ideias , aonde todos tem direito a voz e a veto", pontuou.

Depois que o PSD optou pelo caminho da independência na última quarta-feira (21), durante uma reunião de cinco horas, em seguida, quatro deputados estaduais da legenda se reuniram com o governador Pedro Taques (PSDB), no Palácio Paiaguás. Participaram dessa reunião os deputados Gilmar Fabris, Ondanir Bortolini, Pedro Satélite e Wagner Ramos.


Em resposta aos “rebeldes”, o vice-governador Carlos Fávaro, presidente do PSD, disse que a decisão de independência foi tomada antes do dia 7 de abril  - quando fecham as janelas partidárias – “pra que ninguém diga que ficou preso no partido”. Segundo ele, “os insatisfeitos devem sair e construir suas vidas fora da legenda”.

Veja também

RISCO TCE vê risco de colapso financeiro em MT e veta pagamento de RGA para servidores
SINTO DECEPÇÃO Fávaro diz que evitou romper com Taques antes para não desestabilizar MT
POLÍTICA “DEM marchará com Pedro Taques”, crava Wilson, apesar de críticas de Mendes e Júlio
SAIBA QUEM 31 ex-aliados decidem assinar manifesto contra reeleição de Taques
DELAÇÃO NA CARAMURU Empresário deverá devolver R$ 1 milhão para se livrar de ação
APÓS DECISÃO DO STF Juiz Sérgio Moro determina a prisão do ex-presidente Lula
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados