• Diamantino, 18/06/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
MULTA

Produtores da região de Tangará são multados em mais de R$ 120 mi por cultivar soja em terra indígena 197


Fotografia: Reprodução

Produtores rurais da região oeste de Mato Grosso foram autuados pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), na sexta-feira, 08, por arrendar terras indígenas e utilizá-la para cultivo de soja transgênica.

Os agentes de fiscalização autuaram 16 arrendatários, duas fazendas e cinco associações indígenas pela ilegalidade.

Foram aplicadas 44 multas aos agricultores, que totalizam mais de R$ 129 milhões.

Cerca de 16 mil hectares estariam sendo explorados ilegalmente nas terras dos povos Paresi, Tirecantinga, Utiariti, Manoki e Uirapuru. A área foi embargada pelo Ibama.

Segundo os agentes, durante a fiscalização não foi constatada a participação direta dos índios nas lavouras. No entanto, as associações indígenas administravam os recursos provenientes dos arrendamentos.

As cinco associações foram autuadas por cultivo ilegal de produtos transgênicos e por colaborar com a utilização indevida de recursos naturais, contrariando as normas previstas na constituição. Elas foram multadas e devem pagar mais de R$ 5 milhões.

De acordo com o artigo 231 da Constituição Federal e o artigo 22 do Estatuto do Índio, é proibido o uso de terras de reserva para qualquer atividade que não seja exclusivamente para a subsistência dos povos indígenas.

As autuações foram feitas nos municípios de Tangará da Serra, Campo Novo do Parecis, Sazepal, Campos de Júlio, Nova Lacerda e Brasnorte.

Veja também

UM QUARTO MT deve colher mais de 25% da produção de grãos, cereais e oleaginosas do país na safra 2018, estima IBGE
SEGUNDA VEZ BR-364 será totalmente interditada nesta quinta para recuperação de ponte
SELETIVO Prefeitura de Rosário Oeste vai abrir seletiva para contratar Agente Comunitário de Saúde
ECONOMIA Preço do frete aumenta, agricultores de MT não conseguem escoar a produção de milho e armazéns estão lotados em Diamantino
CONCURSO Iphan abre concurso público com 411 vagas e salários que chegam a R$ 5 mil
OPORTUNIDADE Sine Cuiabá disponibiliza vagas com salários de até R$ 2 mil
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados