• Diamantino, 20/04/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
MEIRELLES

Governo anuncia se haverá aumento de impostos dia 22 1279

No mesmo dia, segundo ele, governo anuncia se corrigirá tabela do Imposto de Renda


O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta quarta-feira que no próximo dia 22 será anunciado se haverá necessidade de aumento de impostos, bem como a possibilidade de correção da tabela do Imposto de Renda.

“Qualquer anúncio nesse sentido vai ser feito apenas no dia 22 porque, aí sim, os cálculos estarão finalizados”, disse o ministro após abrir reunião extraordinária do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).

Na data, o governo divulgará o relatório de receitas e despesas do primeiro bimestre, ocasião em que também atualizará as projeções para dados econômicos.

Caso precise cortar gastos para cumprimento da meta de resultado primário, Meirelles destacou que o governo vai destacar na próxima semana o tamanho do contingenciamento.

Meirelles repetiu que a divulgação da lista dos políticos que serão investigados após citação por delatores na operação Lava Jato não deve prejudicar o andamento da reforma da Previdência, e que a expectativa continua sendo de votação da matéria na Câmara dos Deputados em abril.

Após o ministério da Fazenda ter sido invadido nesta manhã por centenas de manifestantes como parte do “Dia Nacional da Mobilização”, contra as reformas da Previdência e trabalhista, Meirelles avaliou que o debate sobre as mudanças para aposentadoria é saudável e positivo, mas que violência e destruição do patrimônio público são condenáveis.

Meirelles afirmou que o andar de seu gabinete não chegou a ser ocupado, mas que existem avarias ao edifício que ainda terão que ser avaliadas, já que o prédio ainda está ocupado.

O ministro disse ainda que a nova rodada da regularização de recursos não declarados no exterior, aprovada na véspera pelo Senado, deve gerar arrecadação inferior a 10 bilhões de reais para a União considerando a projeção que existe na peça orçamentária de 2017.

(Com agência Reuters)

Veja também

DELAÇÃO NA CARAMURU Empresário deverá devolver R$ 1 milhão para se livrar de ação
APÓS DECISÃO DO STF Juiz Sérgio Moro determina a prisão do ex-presidente Lula
STF Retoma nesta quarta-feira julgamento do habeas corpus de Lula
UHE Prefeito e vereadores de Juara abraçam a causa da UHE Castanheira e viram as costas para atingidos
ALTO PARAGUAI Vereador é ameaçado de morte em Sessão da Câmara
JULGAMENTO Neurilan fala que povo vai julgar deputados que foram contra a decisão do PSD
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados