FEVEREIRO

Colheita da soja atinge média de 94% e exportação bate recorde no Estado 300


A colheita da soja em Mato Grosso atingiu 94,5% da área plantada na última semana, número 9,4% mais adiantados do que o registrado na safra 2015/2016. Com os trabalhos já no final, a oleaginosa já está em processo de exportação que, inclusive, registrou recorde no mês de fevereiro.

O avanço da colheita na semana passada foi de 6,3% e os dados foram divulgados na última segunda (20) pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). Mato Grosso deve conseguir uma produtividade recorde no atual ciclo produtivo.

A região Oeste é a única que já concluiu a colheita. Os trabalhos seguem na região Médio-Norte, que tem 99,4% da área colhida, no Centro- Sul (96,6%), Noroeste (96,6%), Sudeste (95,2%), Norte (94,3%) e Nordeste (78,3%).

Exportação

O Imea pontua que, no mês passado, a exportação da soja em grão registrou volume inédito de 1,6 milhão de toneladas, refletindo um acumulado de 1,95 milhão de toneladas escoadas ao fim do primeiro bimestre de 2017. De acordo com o instituto, esse número destoa muito do registro dos últimos quinze anos.

O fato é explicado por fatores como a produção recorde da soja mato-grossense neste ano, pelo adiantamento da colheita na atual safra - que até o fim de janeiro registrava pouco mais de 5 milhões de toneladas colhidas pelo Estado – e pela forte demanda externa.

Apesar disso, o Imea argumenta que a comercialização da safra 16/17 da oleaginosa atingiu, em fevereiro, um acumulado de 61,63% e apresentou avanço mensal de 3,4 pontos percentuais, registro que foi calculado como o pior para o mês em toda a série histórica desde 2009. Na média, o total das vendas está com um atraso de 4,2% em relação ao mesmo período no ano passado.

Ainda segundo o órgão, uma das justificativas da situação é a tendência de queda nos valores médios de vendas, que apresentaram em fevereiro a terceira baixa consecutiva, atingindo um preço de R$ 58,55, o menor desta safra.

Milho

Os produtores de Mato Grosso já semearam 99,7% do potencial do plantio do milho nessa safra 2016/2017. Na semana passada o avanço da semeadura foi de 1,2 pontos percentuais. Apesar da melhora no índice de produtividade, apontado no balanço da semana passada do Imea, o instituto apontou que o produtor poderá ter preocupações em relação à cotação do cereal.

O relatório explicou que o preço de comercialização do produto ficou em R$ 16,54 por saca em fevereiro, apenas quatro centavos acima do mínimo estabelecido em Mato Grosso. Além disso, as negociações na atual safra atingiram 38,6% no mês passado e estão travadas porque a comercialização da safra passada permaneceu em 99,5% no último mês.

O cenário pouco favorável também foi verificado nas exportações, que ficaram em 0,25 milhão de toneladas em fevereiro, quantidade aproximadamente 90% menor do que o registrado no mesmo período em 2016. Em relação a janeiro, o volume total enviado para fora foi 77,7% menor.

As regiões Noroeste e Médio-Norte já concluíram o plantio da leguminosa. Finalizando esses trabalhos aparecem o Centro-Sul, com 99,9% da área plantada; Oeste (99,8%); Nordeste (99,6%); Sudeste (99,3%) e Norte (98,9%).

Veja também

CONCURSO Tribunal Superior do Trabalho oferece 52 vagas com salários de até R$ 10,4 mil; veja onde se inscrever
CISA Veja como se inscrever para concurso do CISA com 27 vagas de trabalho e salários de até R$ 11,9 mil
VISITA Á RÚSSIA Com foco em modais ferroviários e hidroviários, comitiva dá início ao 9º dia de visita à Rússia
RECORDE MATO GROSSO VENDE US$ 107,16 MILHÕES EM CARNE BOVINA E BATE RECORDE EM JULHO
CONCURSO UFMT divulga gabaritos e prazo para recursos do concurso do DAE/VG, realizado no final de semana
CONCURSO DAE e UFMT divulgam locais e horários das provas para o concurso do próximo domingo
Publicidade

Copyright © 2013 - 2017 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados