CAPACITAÇÃO

Projetos desenvolvidos pela Aprosoja MT podem ser incluídos na grade curricular em curso da UFMT 401


Projetos e programas desenvolvidos pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), como o Soja Plus, podem ser incluídos na grade curricular do curso de agronomia da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). A instituição de ensino avalia tal inclusão para que os acadêmicos tenham uma relação mais direta com a realidade do campo.

A possibilidade do curso contar com projetos e programas da Aprosoja em sua grade curricular foi discutida na última semana entre a coordenadora do curso de Agronomia da instituição, Aline Regina Piedade, o vice-presidente da entidade Elso Pozzobon e a gerente de Pesquisa e Gestão de Propriedades da associação, Cristiane Sassagima.

A intenção sa universidade Federal de Mato Grosso é que os alunos tenham uma relação mais direta com a realidade do campo e entendam como podem desenvolver futuras atividades.

"Como ela dá as disciplinas de Empreendimento Agrícola e Legislação Agrária e Ambiental, a meta é que esses alunos tenham exemplos práticos da aplicabilidade dos temas estudados", pontua  gerente de Pesquisa e Gestão de Propriedades da Aprosoja, Cristiane Sassagima.

A coordenadora do curso de Agronomia da instituição, Aline Regina Piedade, destacou no encontro que assuntos relacionados à Norma Regulamentadora 31 (NR31) já fazem parte da grade curricular do curso de agronomia da UFMT. Dentre os projetos e programas que podem fazer parte da grade, está o Soja Plus, que trabalha gestão contínua de propriedades rurais e legislação ambiental.

Outro programa que pode entrar na grade é o Referência, que trata-se de um software desenvolvido para associados com foco na gestão financeira de seus negócios.

Conforme a Aprosoja-MT, há ainda a possibilidade de aulas teóricas in loco na entidade.

Veja também

EMPREGO Brasil abre 34,4 mil novas vagas de trabalho em setembro
VLT MT já pagou R$ 600 mil do empréstimo
DIA DO IDOSO Secretaria realiza confraternização especial para cerca de 500 idosos
SELETIVO Prefeitura de Nobres abrirá processo seletivo para vários cargos
NINGUÉM GANHA Ninguém ganha e prêmio da Mega Sena acumula
PODE PARALISAR Governo deve mais 900 mil para o hospital regional de Diamantino e mais 10 municípios são afetados
Publicidade

Copyright © 2013 - 2017 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados