MANIFESTO EM CUIABÁ

400 integrantes do MST ocupam o prédio do Incra por melhoria à classe 415


Pelo menos 400 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra ocuparam o prédio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), no Centro Político Administrativo, em Cuiabá, nesta segunda (17). De acordo com representantes do MST, a ocupação acompanha a mobilização nacional dos trabalhadores.

Conforme os membros do Movimento, não há previsão para a saída dos trabalhadores da sede do Incra. A mobilização é nacional para relembrar os 21 anos da morte de 19 trabalhadores no ‘'Massacre de Eldorado dos Carajás'’. Os trabalhadores do MST foram mortos em confronto com a Polícia Militar do Pará, em 1996.

Eles também cobram o assentamento imediato de 1 mil famílias que estão acampadas em vários pontos do Estado, em barracos de lona preta, à beira de estradas ou dentro de fazendas, sujeitas a despejo, vivendo em clima de insegurança.

Algumas dessas famílias já estão nesta situação há mais de seis anos, e cobram ainda uma posição do Incra com relação à estruturação básica dos novos assentamentos, que estão sem estrada, energia elétrica e água encanada. Famílias assentadas se sentem "abandonadas" pelo Estado nos locais, sem condições de construir casa ou qualquer financiamento para começar a lavoura.

Outro lado

A reportagem do RDNews tentou contato com o Incra, contudo, não obteve sucesso.

Veja também

EM LUCAS DO RIO VERDE Menores são apreendidas com maconha e veneno para matar ratos
NA BR-163 Motorista capota veículo na BR-163
EM DIAMANTINO MPE requer em ação que Estado repasse mais de um milhão a unidade hospitalar
SAÚDE Estado assume gestão do Hospital Regional em Cáceres
EM NOVA MUTUM Veículo fica destruído pelo fogo na Avenida Brasil
NOVO AEROPORTO Prefeitura fará licitação para projeto do novo aeroporto em Lucas do Rio Verde
Publicidade

Copyright © 2013 - 2017 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados