MANIFESTO EM CUIABÁ

400 integrantes do MST ocupam o prédio do Incra por melhoria à classe 393


Pelo menos 400 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra ocuparam o prédio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), no Centro Político Administrativo, em Cuiabá, nesta segunda (17). De acordo com representantes do MST, a ocupação acompanha a mobilização nacional dos trabalhadores.

Conforme os membros do Movimento, não há previsão para a saída dos trabalhadores da sede do Incra. A mobilização é nacional para relembrar os 21 anos da morte de 19 trabalhadores no ‘'Massacre de Eldorado dos Carajás'’. Os trabalhadores do MST foram mortos em confronto com a Polícia Militar do Pará, em 1996.

Eles também cobram o assentamento imediato de 1 mil famílias que estão acampadas em vários pontos do Estado, em barracos de lona preta, à beira de estradas ou dentro de fazendas, sujeitas a despejo, vivendo em clima de insegurança.

Algumas dessas famílias já estão nesta situação há mais de seis anos, e cobram ainda uma posição do Incra com relação à estruturação básica dos novos assentamentos, que estão sem estrada, energia elétrica e água encanada. Famílias assentadas se sentem "abandonadas" pelo Estado nos locais, sem condições de construir casa ou qualquer financiamento para começar a lavoura.

Outro lado

A reportagem do RDNews tentou contato com o Incra, contudo, não obteve sucesso.

Veja também

NA MÁRIO ANDREAZZA Acidente grave mata motociclista em Várzea Grande
ACORIZAL Sicredi amplia atendimento e chega a Acorizal
CIRCUITO ESTADUAL Torneio de tênis começa nesta quarta-feira em Cuiabá
ROSÁRIO OESTE Polícia Federal deflagra operação contra fraude em MT e prende chefe do INSS em Rosário Oeste
Jangada Veículo de Wagner Ramos é fechado por carreta e deputado fica ferido próximo a Jangada
NO TIJUCAL Motociclista fica ferido após ser atingido por fiação solta
Publicidade

Copyright © 2013 - 2017 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados