• Diamantino, 22/01/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
COMPRA DE VEADORES

Empresário é preso acusado de tentar comprar vereadores a favor de prefeita 555


Fotografia: Reprodução

O empresário Macario Haeffner, de 59 anos, foi preso na última terça-feira (5), acusado de tentar comprar vereadores da Câmara Municipal de Denise (a 198 km de Cuiabá) para anularem a votação de uma denúncia contra a prefeita do município, Eliane Lins da Silva (PV). Ele ainda tentou subornar os policiais com R$ 2 mil.

De acordo com o boletim de ccorrência (BO) registrado pela Polícia Militar, o vereador de Denise, Audelino de Oliveira Primo, fez uma denúncia dizendo que o empresário Macario Haeffner estaria na cidade para fazer o pagamento de propina a vereadores para que votassem a favor da prefeita Eliane Lins, sobre uma denúncia feita contra ela.

Os policiais foram informados sobre onde seria feito o pagamento e uma viatura foi enviada. Quando a equipe chegou ao local, por volta das 14 horas, os militares encontraram Macario contando notas de dinheiro e quando ele percebeu a aproximação da polícia, guardou o montante no bolso.

Quando foi feita a abordagem, o empresário disse que o dinheiro, R$ 2 mil, seria para o pagamento de bolsas de cimento.

Ele foi então levado à delegacia para prestar esclarecimento sobre a denúncia feita pelo vereador Audelino. No caminho, o empresário ainda ofereceu os R$ 2 mil aos policiais para que o soltassem, mas neste momento os militares deram voz de prisão. Na Pajero prata do suspeito ainda foram encontrados mais R$ 1.200.

Ao fazer a checagem os policiais descobriram que Macario já possuía duas passagens pela polícia, uma pela Polícia Federal e outra pela Delegacia Fazendária (Defaz). O empresário responderá pelo crime de corrupção ativa. A reportagem do Olhar Direto tentou entrar em contato com a Prefeitura de Denise, mas ninguém atendeu.

Veja também

ALCOOLIZADA Mulher embriagada causa alvoroço por causa da filha e acaba na Delegacia de Nobres
PRESO Homem é preso por lesão corporal em Acorizal
FRAUDE Candidato denuncia fraude em concurso da Prefeitura de Cuiabá
EM NOVA MUTUM Polícia Militar prende dois suspeitos após assalto a mercado
EM TANGARÁ Adolescente de 14 anos é arrastada para matagal e estuprada
EXPLOSÃO DE CAMINHÃO Tia suspeita que acidente que matou família tenha sido proposital
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados