• Diamantino, 20/06/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
Heróis

Médicos fazem mais de 60 cirurgias em dois dias para reduzir superlotação no PS de Cuiabá 610


Fotografia: Reprodução

Mais de 60 cirurgias foram realizadas em dois na tentativa de reduzir a superlotação no Pronto Socorro de Cuiabá, segundo a prefeitura. Os procedimentos foram realizados entre o sábado (11) e domingo (12). A unidade, que possui 271, tem 346 pacientes hospitalizados. Dados da prefeitura apontam que 60% desse total são oriundos do interior do estado.

O mutirão faz parte das medidas emergências anunciadas pela prefeitura na semana passada.
Um levantamento prévio da prefeitura apontou que a maioria dos pacientes que aguardava cirurgia nos corredores procura tratamento de ortopedia.

Para o mutirão, foram necessários 12 ortopedistas, oito anestesistas, oito residentes em ortopedia, quatro instrumentistas e diversos profissionais da enfermagem.
Triagem
A equipe clínica do PSMC ainda deve fazer um levantamento dentro da unidade de saúde para identificar quais os pacientes que estão aptos a aguardar os procedimentos cirúrgicos em casa, ou seja, que não necessitam de procedimentos de urgência e emergência e com risco de morte.

A expectativa é que com a triagem será possível reordenar a situação dentro da unidade, inclusive com o agendamento dos procedimentos. Feitos a triagem e o agendamento, os técnicos da regulação do Pronto Socorro entrarão em contato com a Central de Regulação do município do paciente, solicitando que seja feita a remoção dele para a cidade de origem e retorne na data agendada pela equipe, para que então ele passe pela cirurgia.

Dessa forma, a unidade hospitalar suspenderá as cirurgias eletivas para pacientes do interior, fazendo uma triagem e garantindo o retorno das pessoas às suas cidades.

Veja também

Eleições É o reconhecimento de que vou ganhar, afirma Wellington sobre críticas de Taques
TURISMO Conselho Municipal de Turismo é reativado em Diamantino
Afastamento Eraldes afasta por 60 dias
Sáude Diamantino assina convênio para repasse de mais de 160 mil reais ao Hospital São João Batista
Sem escolta Justiça proíbe Taques gastar dinheiro público com segurança particular de candidata ao senado
Nobres Desembargador diz que professores querem receber 40h trabalhando 30 h
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados