• Diamantino, 20/06/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
EM NOVA MUTUM

Curso de prevenção e reação contra violência urbana é aplicado 396


Fotografia: DjefersonKronbauer/Power Mix

A Academia da Polícia Judiciária Civil (Acadepol) em parceira com a Gerência de Operações Especiais (GOE) e Sindicato dos Investigadores (Siagespoc) estão realizando em todo o estado de Mato Grosso um Curso de Prevenção e Reação Contra a Violência Urbana.

No total, serão realizadas 14 turmas até dezembro de 2017, atendendo as regionais de Cuiabá, Várzea grande, Alta Floresta, Sinop, Pontes e Lacerda, Cáceres, Nova Mutum, Juína, Barra do Garças, Tangará da Serra, Primavera do Leste, Rondonópolis, Água Boa e Confresa.

O curso conta com uma carga horária de 20 horas/aulas, divididas em dois dias, o mesmo esta sendo coordenado pela Gerência de Operações Especiais, em Nova Mutum, 12 aluno participam do curso, entre eles o Delegado de São José do Rio Claro, Marcelo Carvalho, que falou sobre a importância deste curso. “A importância é treinar o policial, pois o policial bem preparado é mais segurança para a população, então a Policia Judiciaria Civil tem realmente se preocupado com isso e feito diversos cursos em todas as regionais, para justamente estar treinando o policial para as eventualidades do dia a dia.” Disse o Delegado em entrevista ao site Power Mix.

O instrutor do GOE, Bruno Monti, destacou a importância do curso. “A importância é que o curso trabalha a hora de folga do policial, e também a hora de serviço do policial civil, que está a maior parte do tempo com a arma velada, (arma guardada na cintura), então o curso tem a intenção de melhorar a postura preventiva policial, para ele não se tornar vitima de roubo, e se ele vier a se tornar uma vitima, o curso trabalha a parte pratica da reação, para ele reagir e salvar a vida de terceiro, sabendo quando e a hora certa dele reagir.” Explicou o instrutor.

O aluno Jorge Luis destacou a importância de fazer esse curso. “Esse curso veio muito a agregar nas nossas horas de folga, por ser destinado a essa área, e é de suma importância para cada participante para proteger sua vida e de seus familiares nos seus momentos de lazer, porque infelizmente é nessas horas que a gente está mais vulnerável, realmente é um curso muito bom.” Concluiu o chefe de operações Jorge Luiz.

O objetivo do curso é preparar o policial para as suas horas de folga, porque segundo estáticas, hoje morrem mais policias de folga que trabalhando. O polícia é preparada para defender o próximo, e às vezes em ocasiões que ele enfrenta na rua à paisana, um simples erro pode ser fatal.

O curso teve inicio em Nova Mutum na data de ontem e tem seu termino nesta quinta-feira (14).

Veja também

MULTA Produtores da região de Tangará são multados em mais de R$ 120 mi por cultivar soja em terra indígena
UM QUARTO MT deve colher mais de 25% da produção de grãos, cereais e oleaginosas do país na safra 2018, estima IBGE
SEGUNDA VEZ BR-364 será totalmente interditada nesta quinta para recuperação de ponte
SELETIVO Prefeitura de Rosário Oeste vai abrir seletiva para contratar Agente Comunitário de Saúde
ECONOMIA Preço do frete aumenta, agricultores de MT não conseguem escoar a produção de milho e armazéns estão lotados em Diamantino
CONCURSO Iphan abre concurso público com 411 vagas e salários que chegam a R$ 5 mil
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados