• Diamantino, 18/12/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
IFMT

Ministério Público investiga servidores do IFMT; professores são alvos 418


Fotografia: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

O Ministério Público Federal instaurou quatro inquéritos para investigar irregularidades cometidas por servidores do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT). Alguns professores são alvos dos procedimentos.

Conforme portarias assinadas pelo procurador da República Marcellus Barbosa Lima, um dos inquéritos investiga acúmulo indevido de cargos por servidores do IFMT que exerciam dois ou mais cargos, empregos ou funções inacumuláveis.

O segundo inquérito investiga o acúmulo indevido de cargos públicos por servidores ativos do IFMT que ocupavam a posição de sócios administradores em empresas privadas.

O terceiro inquérito investiga o acumulo indevidos de cargos públicos por servidores ativos do IFMT que exerciam emprego privado cuja jornada é incompatível com o serviço público.

O quarto inquérito investiga o acúmulo indevido de cargos públicos por professores do IFMT em regime de dedicação exclusiva.

Os procedimentos são embasados por relatórios da Controladoria Geral da União. Não foi divulgado prazo para encerramento dos inquéritos.

Veja também

Sono ao volante Taxa de mortalidade em acidentes nas rodovias é de 20%
ECONOMIA Venda direta de etanol das usinas para postos pode causar desabastecimento no país e dificultar fiscalização
TEMPO Semana deve continuar com pancadas de chuva em Cuiabá; 33 cidades de MT com alerta de granizo e temporal
EDUCAÇÃO Campus da Unemat em Nova Mutum passará por adequações
FAEPEN Faepen abre inscrições para contratação de professores para Engenharia de Alimentos da Unemat
DADOS IMEA Após sequência de quedas, custo da lavoura de soja dispara e é o maior em 5 anos no MT
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados