• Diamantino, 18/01/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
EM JANGADA

MPE quer cassação de prefeito por ceder maquinários para obras em empresa 126


Fotografia: Reprodução

O Núcleo de Ações de Competência Originária do Ministério Público Estadual (Naco/MP-MT) denunciou o prefeito de Jangada (75 km de Cuiabá), Edérzio de Jesus Mendes, o “Garrincha” (PSB), além do secretário municipal de obras, Marcos Antonio Bernardino, conhecido como “Marcão”, por utilizarem maquinários da prefeitura em obras particulares. A denúncia é assinada pelo coordenador do Naco e promotor de justiça Antonio Sergio Cordeiro Piedade, e data do dia 6 de dezembro de 2017.

Garrincha e Marcão chegaram a ser detidos pela Polícia Judiciária Civil (PJC) no dia 30 de agosto de 2017 após denúncia da promotoria de Justiça de Rosário Oeste (128 km de Cuiabá) – local em que se encontra a propriedade particular onde os maquinários eram utilizados. As suspeitas sobre o crime de responsabilidade começaram após uma denúncia anônima de um contribuinte que havia solicitado serviços de obras da prefeitura na comunidade em que reside. O pedido foi negado sob a justificativa de que os bens estavam “avariados”.

“Todavia, o mesmo veio a descobrir que, na verdade, tais maquinários (uma patrola motoniveladora e uma pá-carregadeira, ambos adesivados com o emblema da Prefeitura Municipal de Jangada-MT) se encontravam cedidos há mais de 30 dias, prestando serviços indevidamente a terceiros particulares”, diz trecho da denúncia.

Após a denúncia, a promotoria de justiça foi até o local e comprovou a utilização indevida dos maquinários. Além de Garrincha e de Marcão, outros dois servidores da prefeitura de Jangada também foram detidos.

“Diante de tal noticia, a Promotoria de Justiça local requisitou apoio da Polícia Judiciária Civel e, ao diligenciarem in loco na manhã de 30/08/2017, lograram êxito em constatar a veracidade dos fatos, com a apreensão dos 2 maquinários, sendo inclusive detidos em flagrante delito os servidores municipais - operadores de máquinas [...] Bem como o Prefeito Municipal e o Secretário, ora denunciados, quando encontrados logo em seguida, na sede do Paço Municipal”, narra o coordenador do Naco.

De acordo com informações da denúncia, os maquinários já estavam no local realizando os serviços já há duas semanas quando o flagrante foi realizado. Após o ocorrido o MP-MT pediu o desmembramento do processo – medida utilizada quando investigações em curso atingem autoridades com prerrogativa de foro, como no caso do prefeito de Jangada.

Caso a justiça aceite a denúncia do MP-MT, Garrincha e Marcão passarão por um julgamento que pode condená-los a perda de seus cargos públicos, pagamento multa, além da suspensão dos direitos políticos.

Veja também

FEIRA DO NOVO Prefeito e secretários conhecem a Feira do Novo
ELEIÇÃO SINDICAL Sindicato Rural de Diamantino realizará nova eleição
FRAUDE Área registrada em Rosário Oeste pode ter sido comprada duas vezes pelo Estado
OPERAÇÃO "TAPA BURACO" Cansados de esperar moradores resolvem tampar buracos em Diamantino
A DISTANCIA Universidade Aberta oferta curso de graduação à distância em Diamantino
ECONOMIA Usina de etanol beneficiará Tangará
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados