• Diamantino, 28/05/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
PRESIDÊNCIA

Ranielli x Giripoca 1667


Fotografia: Reprodução/Montagem

A sucessão da mesa diretora da câmara municipal de Diamantino está a todo vapor, de um lado Giripoca (PSD) que é vereador de segundo mandato e declarado oposição ferrenha a administração de Eduardo Capistrano (PDT) e de outro lado o vereador de primeiro mandato Ranielli Lima (PDT) que é da base do prefeito.

Também em lados opostos estão o prefeito que em tese quer eleger aliados de sua base e do outro lado está o vice Gaúcho que que corteja a oposição visando apoios para o seu candidato a deputado estadual de reeleição Guilherme Maluf.

Se a eleição fosse hoje, Giripoca seria eleito presidente com ampla folga de votos e a oposição a administração de Eduardo seguiria num projeto que inclui até mesmo reprovar as contas.

Segundo bastidores da política, hoje Giripoca contaria já com os votos de Giripoca, Bodão, Eraldes, Maria Eugenia, Gonçalina e Edilson. O PDT ficaria sozinho com três votos.

 

Resta o prefeito Eduardo Capistrano coloca seus articuladores no circuito e começar a mexer nesse tabuleiro político ou amargar uma derrota que nunca houve no cenário político local, pois tradicionalmente o poder executivo elege a mesa diretora.

Veja também

NEGADO ONU rejeita pedido de medidas cautelares de Lula para ser solto
REVIRA Giripoca articula e pode ser o futuro Presidente
RISCO TCE vê risco de colapso financeiro em MT e veta pagamento de RGA para servidores
SINTO DECEPÇÃO Fávaro diz que evitou romper com Taques antes para não desestabilizar MT
POLÍTICA “DEM marchará com Pedro Taques”, crava Wilson, apesar de críticas de Mendes e Júlio
SAIBA QUEM 31 ex-aliados decidem assinar manifesto contra reeleição de Taques
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados