• Diamantino, 22/10/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
PRESIDÊNCIA

Ranielli x Giripoca 1822


Fotografia: Reprodução/Montagem

A sucessão da mesa diretora da câmara municipal de Diamantino está a todo vapor, de um lado Giripoca (PSD) que é vereador de segundo mandato e declarado oposição ferrenha a administração de Eduardo Capistrano (PDT) e de outro lado o vereador de primeiro mandato Ranielli Lima (PDT) que é da base do prefeito.

Também em lados opostos estão o prefeito que em tese quer eleger aliados de sua base e do outro lado está o vice Gaúcho que que corteja a oposição visando apoios para o seu candidato a deputado estadual de reeleição Guilherme Maluf.

Se a eleição fosse hoje, Giripoca seria eleito presidente com ampla folga de votos e a oposição a administração de Eduardo seguiria num projeto que inclui até mesmo reprovar as contas.

Segundo bastidores da política, hoje Giripoca contaria já com os votos de Giripoca, Bodão, Eraldes, Maria Eugenia, Gonçalina e Edilson. O PDT ficaria sozinho com três votos.

 

Resta o prefeito Eduardo Capistrano coloca seus articuladores no circuito e começar a mexer nesse tabuleiro político ou amargar uma derrota que nunca houve no cenário político local, pois tradicionalmente o poder executivo elege a mesa diretora.

Veja também

R$ 500 MIL Prefeito visita Brasília e confirma emendas para Diamantino
PAZ E DEMOCRACIA Apoiadores de Haddad promovem caminhada em Cuiabá
SEGURANÇA Após atentados a juízes, advogados e visitantes vão passar por detector de metais em fóruns
5 DEPUTADOS Dono da maior bancada em 2014, PR é extinto na Assembleia Legislativa
8 MIL VOTOS Wagner Ramos credita fracasso nas urnas a delação de Silval e fraco desempenho de Taques
PSL “Campeão”, deputado eleito em MT nega surpresa com votação histórica
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados