• Diamantino, 23/09/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
EM ACORIZAL

Com marido desempregado, mãe de cinco filhos pede ajuda para criança com microcefalia 419


Fotografia: Reprodução

Foi no sétimo mês de gestação, que Josiane Mendes da Silva, moradora do bairro Cidade Alta, em Acorizal, descobriu que o seu filho Lorenzo Lucas Macimiano da Silva, estava com uma má formação do cérebro. Lorenzo, ultrapassou as expectativas de vida dada pelos médicos, e hoje já com um ano, precisa de ajuda para ter uma melhor qualidade de vida.

Josiane contou que descobriu que estava grávida, no terceiro mês. Já com sete meses, descobriu que o bebê estava com uma má formação do cérebro. “Falaram que ele não ia andar, que ele não ia falar, que ia ser uma criança especial, e para mim neste momento foi um momento muito difícil”, disse ela, que até então era mãe de quatro filhos. “Os demais filhos são perfeitos, saudáveis, e ele [Lorenzo] ia nascer com uma má formação, os médicos não deram nenhuma garantia de vida, nenhum tipo de esperança”, completou.

Após o nascimento, Lorenzo acabou ficando 30 dias internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). “Foi ai que começou minha luta. Foi remédio, fralda, leite que é especial”.

Atualmente a criança está um ano e cinco meses, e com 15 quilos.  A mãe contou que ele já está no tamanho de uma criança de 2 anos, e precisa urgentemente de um carrinho para ajudar na locomoção. “Quando eu vou ao médico em Cuiabá, eu fico o dia inteiro com ele no braço, é muito cansativo ficar com ele no braço o dia inteirou”, lamentou.

“Uma vez eu ganhei um carrinho, só que era até para crianças com até 10 quilos, e não cabia Lorenzo. Então, eu preciso de um carrinho maior que suporte mais peso, para durar bastante tempo”.

Lorenzo faz uso de medicamentos controlados, e, além disso, a mãe pede ajuda com um berço, roupas para dias de sol e frio. “Meu esposo está desempregado desde setembro do ano passado, e até agora ele não consegui serviço. São muitas dificuldades, pois o dinheiro que conseguimos com bicos, é para comprar remédio para ele, pois não pode faltar. E nisso acaba a gente não tendo dinheiro para comprar o que comer, para pagar água”.

Quem tiver interesse em ajudar esta família, pode entrar em contato pelo seguinte telefone: (65) 9638-6149.

Dados para depósito: Banco Bradesco
Nome: Josiane Mendes da Silva
Agência: 2253-5
Conta: 05215617

Veja também

SENAI Assistência Social de Diamantino abre vagas para curso de Pedreiro, saiba como se inscrever
ACIDENTE Carreta carregada com sementes de soja tomba e deixa rodovia interditada em Sorriso
INCÊNDIO Tangará da Serra está entre os 30 municípios com mais queimadas em MT
RIOS Região de Diamantino receberá ações de preservação às nascentes do Rio Paraguai
CLIMA Diamantino e região devem ter tempestades de granizo
EM DIAMANTINO Prefeitura abre prazo para contribuintes em execução fiscal até Dezembro
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados