• Diamantino, 22/10/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange

Indústrias querem investir R$ 130 mi e gerar 500 empregos em Primavera 529

Em cinco meses de gestão foi estabelecido como foco o desenvolvimento econômico de Primavera do Leste.


A Prefeitura de Primavera do Leste (a 230km de Cuiabá) negocia a atração de três empresas de grande porte para se instalar no município. A perspectiva é de que as negociações se formalizem no começo do segundo semestre deste.

Ligadas ao processamento de alimentos produzidos pelo agronegócio e pela agricultura familiar, duas das três empresas tem estimativa de gerar 500 postos de trabalho diretos e investimento superior a R$ 130 milhões.

Mário Okamura

Leonardo Bortolin

Prefeito Leonardo Bortolin diz que investimento de empresas é superior a R$ 130 milhões

De acordo com o prefeito Leonardo Bortolin (MDB), a terceira empresa em fase de negociação assinou um acordo com a prefeitura para que detalhes da negociação não sejam divulgados.

“Em cinco meses de gestão estabelecemos como foco o desenvolvimento econômico de Primavera do Leste. Isso porque temos uma forte presença do agronegócio, mas ainda precisamos de verticalização da produção para agregar mais valor ao que é produzido na cidade”, pondera Bortolin.

Em Primavera existem 709 indústrias, 3,5 mil empresas de comércio e serviço, 745 empresas ligadas ao agronegócio e 2,7 mil microempreendedores individuais (MEIs). Ao todo o estoque de empregados conta com 10,5 mil trabalhadores formais. Além de 600 produtores rurais, aproximadamente, que cultivam 287 mil hectares de soja e 167 mil hectares de milho.

O município também está entre as 10 principais receitas do Estado, com um orçamento anual em torno de R$ 230 milhões, tendo 70 mil habitantes e 32 anos de emancipação.

De acordo com o prefeito Leonardo Bortolin, as negociações para atração das três empresas contam com o suporte da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), responsável pela análise de concessões de incentivos fiscais por meio do Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso (Prodeic), que beneficia 275 indústrias que possuem fruição total do incentivo, gerando 45,8 mil postos de trabalho e concentrando cerca de R$ 6,5 bilhões de investimentos no Estado.

Veja também

NO ALTO PARAGUAI Audiência de FURNAS será nesta quinta-feira
EM NOVA MUTUM Corpo de Bombeiros já atenderam mais de 900 acidentes
OPORTUNIDADE Estágio em Tangará da Serra oferece bolsa-auxílio de R$ 1.300 a R$ 1.500
IFMT Inscrições para vestibular com vagas em Tangará da Serra terminam hoje
EM NOVA MUTUM Motorista se distrai e colide em caminhão estacionado no bairro Buritis
EM TANGARA Motocicleta derrapa em buraco de obra e mulher fica ferida
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados