• Diamantino, 18/06/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange

Indústrias querem investir R$ 130 mi e gerar 500 empregos em Primavera 442

Em cinco meses de gestão foi estabelecido como foco o desenvolvimento econômico de Primavera do Leste.


A Prefeitura de Primavera do Leste (a 230km de Cuiabá) negocia a atração de três empresas de grande porte para se instalar no município. A perspectiva é de que as negociações se formalizem no começo do segundo semestre deste.

Ligadas ao processamento de alimentos produzidos pelo agronegócio e pela agricultura familiar, duas das três empresas tem estimativa de gerar 500 postos de trabalho diretos e investimento superior a R$ 130 milhões.

Mário Okamura

Leonardo Bortolin

Prefeito Leonardo Bortolin diz que investimento de empresas é superior a R$ 130 milhões

De acordo com o prefeito Leonardo Bortolin (MDB), a terceira empresa em fase de negociação assinou um acordo com a prefeitura para que detalhes da negociação não sejam divulgados.

“Em cinco meses de gestão estabelecemos como foco o desenvolvimento econômico de Primavera do Leste. Isso porque temos uma forte presença do agronegócio, mas ainda precisamos de verticalização da produção para agregar mais valor ao que é produzido na cidade”, pondera Bortolin.

Em Primavera existem 709 indústrias, 3,5 mil empresas de comércio e serviço, 745 empresas ligadas ao agronegócio e 2,7 mil microempreendedores individuais (MEIs). Ao todo o estoque de empregados conta com 10,5 mil trabalhadores formais. Além de 600 produtores rurais, aproximadamente, que cultivam 287 mil hectares de soja e 167 mil hectares de milho.

O município também está entre as 10 principais receitas do Estado, com um orçamento anual em torno de R$ 230 milhões, tendo 70 mil habitantes e 32 anos de emancipação.

De acordo com o prefeito Leonardo Bortolin, as negociações para atração das três empresas contam com o suporte da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), responsável pela análise de concessões de incentivos fiscais por meio do Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso (Prodeic), que beneficia 275 indústrias que possuem fruição total do incentivo, gerando 45,8 mil postos de trabalho e concentrando cerca de R$ 6,5 bilhões de investimentos no Estado.

Veja também

Afastamento Eraldes afasta por 60 dias
Sáude Diamantino assina convênio para repasse de mais de 160 mil reais ao Hospital São João Batista
Sem escolta Justiça proíbe Taques gastar dinheiro público com segurança particular de candidata ao senado
Nobres Desembargador diz que professores querem receber 40h trabalhando 30 h
Interditado BR 364 será interditada na segunda-feira para realização de obras na pista
EM ROSÁRIO OESTE Arame recozido e madeira sustentam tubulação de água na Avenida Arthur Borges
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados