• Diamantino, 22/10/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
ECONOMIA

Preço do frete aumenta, agricultores de MT não conseguem escoar a produção de milho e armazéns estão lotados em Diamantino 312


Fotografia: Reprodução

Com as mudanças na tabela de preço mínimo para os fretes no país, os produtores rurais de Mato Grosso não estão negociando o escoamento de grãos do milho. Os armazéns ainda estão com sacas de soja que não foram transportados desde a paralisação dos caminhoneiros, que durou 10 dias em maio.

Em uma fazenda localizada em Diamantino, a 209 km de Cuiabá, a colheita do milho teve início na semana passada. A produção começou a ser vendida antes do plantio da lavoura, segundo o produtor rural Amarildo Chirstofolli.

“Temos contratos das sacas e, mesmo com o frio, a colheita do milho está boa”, disse.

Mesmo com a redução das áreas de plantio previstas no estado, a fazenda do produtor rural Erny Parisenti aumentou a área cultivada, de 11 mil hectares para 14 mil.

“Conseguimos avançar com a colheita da soja e, ao mesmo tempo, aumentar o plantio do milho”, contou.

Com aumento de 30% na produção, a preocupação é estocar o grão do milho. Além da falta de espaço no armazém, a paralisação dos caminhoneiros atrasou a entrega de 200 mil sacas de soja.

Segundo o agricultor, o preço do frete que era de R$ 170 por tonelada está superior a R$ 240 por cada viagem.

“Hoje o preço do frete está maior que R$ 240 por tonelada e as sacas estão diminuindo”, avaliou.

A greve dos caminhoneiros começou no 21 de maio contra o reajuste no preço do combustível anunciado pela Petrobrás e chegou ao fim, sem manifestações e sem pontos de bloqueio, no dia 31.

Veja também

RECURSO Após recurso, Justiça reduz preço da tarifa de ônibus para R$ 3,75 novamente
CONFORME DPVAT Acidentes de trânsito com vítimas caem 18% até agosto
OPORTUNIDADE Prefeitura abre processo seletivo para todos os níveis de escolaridade; salários chegam a R$ 12,4 mil
CAMPANHA Prefeitura Municipal realiza ações de fortalecimento do Outubro Rosa
ZONA RURAL Estrada que dá acesso ao assentamento Nossa Senhora Aparecida recebe recuperação
ECONOMIA Projetos de investimentos para construção da Ferrogrão serão apresentados em Sinop
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados