• Diamantino, 23/10/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
COMUNICADO

Cartório Eleitoral orienta que falta de Biometria não impede eleitor de votar em Diamantino e Alto Paraguai 358


Fotografia: Reprodução

A Justiça Eleitoral esclarece aos eleitores de Diamantino e Alto
Paraguai que não registraram biometria no Cartório Eleitoral poderão
votar normalmente no dia 7 de outubro,  desde que não estejam com o título cancelado por
outro motivo (por exemplo, condenação criminal). Em outras palavras, a
simples falta de biometria para os eleitores de Diamantino e Alto
Paraguai não será motivo de impedimento para que o eleitor dessas cidades vote
em 2018.

É importante o esclarecimento principalmente em razão de um julgamento
recente do STF que causou alguma confusão na forma como foi divulgado.
A decisão proferida pelo Supreno Tribunal Federal (STF) apenas mantém o impedimento os títulos que já haviam sido cancelados pela Justiça Eleitoral entre os anos  2016 e
2018.

Em Mato Grosso, o cancelamento mencionado pode atingir apenas os aleitores dos municípios de Barão de Melgaço, Jaciara, Nova Mutum, Nova Santa Helena e Sinop, os quais passaram pela revisão do eleitorado
com biometria (quando o recadastramento é obrigatório e há um prazo final para o eleitor comparecer). Não houve um novo cancelamento de títulos eleitorais.

Em caso de dúvidas, o eleitor pode consultar sua situação eleitoral na página do TSE, aba "eleitor - situação eleitoral". A consulta pode ser por nome, ou número do título eleitoral.

Veja também

OPORTUNIDADE Concursos têm inscrições abertas para quase 27 mil vagas
EM CUIABÁ Prefeitura contrata primeiros 100 reeducandos para trabalhar em serviços; salário de R$ 954
NO ALTO PARAGUAI Audiência de FURNAS será nesta quinta-feira
EM NOVA MUTUM Corpo de Bombeiros já atenderam mais de 900 acidentes
OPORTUNIDADE Estágio em Tangará da Serra oferece bolsa-auxílio de R$ 1.300 a R$ 1.500
IFMT Inscrições para vestibular com vagas em Tangará da Serra terminam hoje
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados