• Diamantino, 17/07/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
R$ 2,8 MIL

Petição quer reduzir salário de vereadores de Cuiabá 593


Fotografia: Reprodução

Uma petição online pretende reunir assinaturas para criar um projeto de lei de iniciativa popular que reduza os salários dos 25 vereadores de Cuiabá de R$ 15 mil para três salários mínimos, o que corresponderia hoje a R$ 2,8 mil.

A iniciativa é do presidente do bairro do Altos do Moinho, Sandro Augusto. Até o momento, apenas 54 pessoas assinaram a petição. Segundo ele, o cargo de político não é “profissão” e os políticos se candidatam voluntariamente em busca de ajudar o seu próximo - e não para “se auto-beneficiar com altos salários”.

Ele justificou ainda que os valores recebidos “são incompatíveis com a realidade da população”, uma vez que os salários dos vereadores são de R$ 15 mil, acrescidos de mais uma verba indenizatória de R$ 15 mil. Além disso, os vereadores passam a receber o 13º salário a partir de 2018.

“Somente os Vereadores de Cuiabá geram um custo de R$ 7,2 milhões aos cofres públicos anualmente. E, com o 13.º salário aprovado, esse custo irá chegar a 7,8 milhões ao ano”, disse.

Sandro Augusto lembrou ainda que já existem cidades como Água Branca (PB), Mauá da Serra, Santo Antônio da Platina e São Mateus do Sul (PR), que reduziram o salário dos vereadores para um salário mínimo, em 2017. “O mesmo aconteceu em várias cidades do País. Sob o ponto de vista legal, político não é profissão”, reforçou.

Além da petição online, Sandro Augusto também está recolhendo as assinaturas presencialmente. Ele já esteve nos bairros CPA, Pedra 90, Tijucal, Parque Georgia, Jardim Gramado, Jardim Pauliceia, Flor da Mata e Altos do Moinho.

Veja também

PSDB Moro contrariou quatro vezes ordens de tribunais superiores
Laranja 2016 MP aguarda decisão contra nove parlamentares por uso de 'laranjas' nas eleições de 2016
TRABALHO E DIVERSÃO Galli assiste a jogo da Copa do Mundo em pleno debate sobre agrotóxicos na Câmara
PRÉ-CANDIDATO Pivetta mantém pré-candidatura após decisão de Mauro Mendes
Prefeito confirma realização de concurso com inicio em agosto deste ano.
FALTA COMBUSTÍVEL Veículos oficiais da AL estão parados e sessões ordinárias podem ser suspensas
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados