• Diamantino, 19/07/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
TRABALHO E DIVERSÃO

Galli assiste a jogo da Copa do Mundo em pleno debate sobre agrotóxicos na Câmara 572


Fotografia: Reprodução

m época de Copa do Mundo, muitos trabalhadores comuns reclamam do fato de não poderem acompanhar o espetáculo protagonizado pelos melhores jogadores de futebol do planeta. No entanto, alguns conseguem "dar um jeitinho" e acompanhar o Mundial. Caso do deputado federal Victório Galli (PSL), flagrado pelo jornal O Globo assistindo ao jogo entre Portugal e Irã, enquanto participava das discussões na Comissão dos Agrotóxicos, na segunda (26).

A distração não parece ter impedido o parlamentar de aprovar o parecer do relator Luiz Nishimori (PR-PR). O texto foi aprovado por 18 votos favoráveis ante 9 contrários, garantindo a flexibilização da venda de defensivos agrícolas no país.

Apesar de a foto mostrar Victório Galli com o celular em mãos, com uma imagem de jogo de futebol na tela, e usando fone de ouvido, o parlamentar disse ao RDnews que as informações de O Globo não passam de ataque aos parlamentares da comissão.

“O Globo mentiu, não tem vídeo, não ligaram para o Galli. Ele estava ouvindo uma mensagem de áudio da equipe. Sobre notícias, ele passou por sites de notícias diversas. O celular não tem TV e a internet dentro da Câmara é ruim para poder ver jogo. E Galli nem assiste jogo. Globo fake News. O Globo e imprensa nacional estão atacando os deputados da comissão”, disse a assessoria de Galli por meio de nota.

PL do Veneno

O projeto analisado pela comissão tem sido chamada de "PL do Veneno", pelos ambientalistas. A Organização das Nações Unidas (ONU) emitiu um alerta ao Brasil sobre à nova lei dos agrotóxicos. A organização internacional demonstra a preocupação com o projeto de lei (6299/2002), de autoria do ministro da Agricultura Blairo Maggi. O texto flexibiliza as regras na venda e aplicação dos defensivos agrícolas, produtos químicos usados no controle de pragas e doenças que atacam os campos.

A carta adverte que, caso o projeto seja aprovado, sete convenções internacionais assinadas pelo Brasil podem ser descumpridas.

Veja também

Diamantino nada!!! Recurso sobre mandatos de vereadores entra na pauta do TRE
PSDB Moro contrariou quatro vezes ordens de tribunais superiores
Laranja 2016 MP aguarda decisão contra nove parlamentares por uso de 'laranjas' nas eleições de 2016
PRÉ-CANDIDATO Pivetta mantém pré-candidatura após decisão de Mauro Mendes
Prefeito confirma realização de concurso com inicio em agosto deste ano.
FALTA COMBUSTÍVEL Veículos oficiais da AL estão parados e sessões ordinárias podem ser suspensas
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados