• Diamantino, 24/09/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
CRIME AMBIENTAL

Gilmar Mendes e irmãos são alvos do MP pela 5ª vez por crime ambiental em MT 857


Fotografia: Reprodução

O Ministério Público Estadual (MPE) propôs a quinta ação por supostos crimes ambientais contra o ministro Gilmar Mendes e seus irmãos Francisco Mendes Júnior (ex-prefeito de Diamantino) e Maria Mendes França. Desta vez, também é alvo da denúncia o cunhado do ministro, Ailton Alves França. A ação foi distribuída nessa terça (31) e tramita na 1ª Vara Cível de Diamantino. O MPE não disponibilizou a íntegra da denúncia.

No último dia 19, foi proposta a quarta ação, tendo como alvos apenas Gilmar e os irmãos. A terceira foi ajuizada em fevereiro deste ano e as duas primeiras em agosto do ano passado. Ao RDNews, o advogado Rodrigo Mudrovitsch informou que ainda não tem conhecimento da 5ª ação.

Nas duas primeiras ações os Mendes são acusados pelo MPE de promoverem danos ambientais nas fazendas Rancho Alegre, de 611 hectares, e São Cristóvão, de 760 hectares. Juntas, aquelas ações pedem que o trio seja condenado ao pagamento de mais de R$ 8,4 milhões a título de indenização pelos supostos danos ambientais.

Sobre esses primeiros processos, a defesa do ministro se manifestou por meio de nota à época afirmando que Gilmar, “embora proprietário das fazendas em razão de herança, não explora, não se beneficia e nem possui qualquer ingerência em atividade agropecuária desenvolvida em qualquer delas”. Além disso, que as duas fazendas do magistrado estão regularmente licenciadas e possuem todos os registros ambientais exigidos.

Veja também

“O sistema político é feito para eleger sempre as mesmas pessoas”
ELEIÇÕES 2018 / PAIAGUÁS Pesquisa Voice: Em MT, Mendes tem 35%; Taques, 21%; e WF, 14%
Independente Selma cita delação contra Taques, “rasteira” de Leitão e rompe com PSDB
APÓS TRÊS MESES Câmara analisa representação contra vereador tangaraense por agressão
EM TANGARA Prefeitura encerrará serviços com empresas terceirizadas e chamará classificados em seletivos
JUDICIÁRIO / IMPROBIDADE MPF aciona prefeito de Cáceres e pede bloqueio de R$ 630 mil
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados