• Diamantino, 19/02/2019
DEBOCHE

Aumento de salário dos togados do STF vai custar R$ 6 bilhões aos cofres públicos 595


Fotografia: Reprodução

Senadores debocham do povo e concedem gordo reajuste salarial aos ministros do STF. A gentileza com chapéu alheio vai desencadear o chamado efeito cascata e causar rombo nas finanças públicas de R$ 6 bilhões por ano. Uma safadeza sem precedente.


O presidente do STF, ministro Dias Toffoli, sem puder e com um sorriso maroto, afirmou que agora, depois de efetivada a descarada compensação salarial, vai colocar em pauta o julgamento da excrescência conhecida como auxilio moradia.  Um drible a lei, a CF/88 e aos princípios republicanos, que já custou mais de R$ 5 bilhões ao erário público.


O STF colocou fim a aposentadoria de ex-governadores de Mato Grosso sob o pretexto de combate a imoralidade na administração pública. Pena que não enxergaram a mesma imoralidade no reajuste salarial que ganharam de mãos do Senado Federal.


Haja tributo e o que tributar para arrumar dinheiro para sustentar essa elite perdularia do serviço público. Uma vergonha ou falta dela. O fregues tem a opção de escolha, somente não pode escolher não pagar a conta.

Veja também

PACOTÃO DE MENDES Novato: deputados atuais têm legitimidade para aprovar projetos
Nova Mutum Rosariense Altair Albuquerque é eleito presidente da câmara de Nova Mutum
Wener Santos foi convidado para assumir a Secretaria Adjunta de Cidades
SUSPENSO Justiça derruba atos da Câmara e devolve cargo à prefeita de Denise
BBC Da cadeia, Lula diz que venceria Bolsonaro e acusa Moro de ‘fazer política e não justiça’
HOJE Oposição do executivo vai disputar presidência da Câmara de Acorizal
Publicidade

Copyright © 2013 - 2019 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados