• Diamantino, 16/05/2021
DESENVOLVIMENTO

Governo de Diamantino, SEDEC MT e Netto Alimentos projetam expansão da cadeia produtiva alimentícia

Secretário de planejamento defende novas industrias para Diamantino


A consolidação de Diamantino como polo regional e município estratégico para o crescimento da economia do Estado se faz cada vez mais visível, a determinação do Governo Municipal em atrair investimentos pode ser mensurada no ensejo da Netto Alimentos em expandir os negócios no município e criar novas vagas de emprego, estima-se que após totalmente operacional a fábrica de ovos gere 800 empregos diretos e indiretos.


Em reunião virtual realizada na manhã desta terça-feira (13.04) envolvendo o secretário adjunto de desenvolvimento econômico do Estado, Walter Valverde, o empresário Paulo proprietário da Neto Alimentos, o secretário municipal de planejamento, Ricardo Ferreira Batista e o prefeito de Diamantino, Manoel Loureiro Neto (MDB), foram discutidas estratégias para a inclusão das industrias lotadas no município de Diamantino no Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso (PRODEIC), a fim de obter melhores condições para o crescimento do setor.


A Netto Alimentos é uma indústria paulista de processamento de alimentos à base de ovos integrais, claras e gema pasteurizada, como massa para bolos, com certificações de qualidade nacionais e internacionais e que está em processo de instalação de uma planta industrial no município de Diamantino para a produção de sua matéria prima, os ovos, em larga escala.


Dentre seus principais produtos de comercialização no mercado atacadista e exportação, estão os ovos cozidos, prontos para o consumo, os ovos desidratados em pó, massas para bolo e também a linha fitness que giram em torno da proteína liquida para consumo instantâneo e a proteína isolada do ovo, popularmente conhecida como albumina.


O know-how dos gestores da indústria, apontam uma necessidade de que sejam instaladas em Diamantino ou mesmo na região, outras indústrias para dar suporte de fornecimento e também de descarte de seus subprodutos, como abatedouros das matrizes de ovos, sendo a Neto Alimentos sozinha será responsável ,após concluída suas 6 etapas operacionais, pela produção de 1,5 milhões de galinhas, perfazendo a produção estimada de 7,8 milhões de ovos por dia, o que os leva a necessidade do planejamento da ramificação e diversificação do abate.


Para o secretário de planejamento Ricardo Eliezer, faz-se necessário o planejamento urgente da ramificação da cadeia produtiva. “Precisamos da ajuda da SEDEC e do Governo do Estado para atrair novas industrias para Diamantino e região, ramificando a cadeia produtiva, assim atraindo novas plantas com certificação para abate”, destaca.


“A necessidade é da criação de novos subprodutos para dar finalidade a galinha abatida, hoje precisamos enviar para fora do Estado o que inviabiliza custo, o frete acaba ficando mais caro”, ressaltou Walter Valerde.


Diamantino contará com apoio do Governo do Estado com incentivos fiscais que ajudarão o município atrair novos investidores.


O secretário municipal de Planejamento convidou a SEDEC para realizar um mapeamento da cadeia produtiva com intuito na implementação de novas indústrias para descarte, pois as indústrias já instaladas em Mato Grosso não suprirão toda necessidade de descarte e produção de subprodutos.


“Parabéns pelo trabalho, pois sabemos o quanto era difícil ter acesso aos benefícios fiscais nas gestões anteriores”, sublinhou Jilson Francisco ao mencionar o esforço na desburocratização dos incentivos na área da agricultura, fundamental para viabilizar expressivos investimentos.


O prefeito Manoel Loureiro Neto afirmou que Diamantino tem muita capacidade e está de portas abertas para vinda de grandes empreendimentos.

Veja também

MENSAL TJ bloqueia R$ 300 mil de deputado por participação no mensalinho da Assembleia
AVANÇO Reformas e construção de escola, Diamantino avança na Educação
POSTURA INADEQUADA Fávaro afirma que Bolsonaro “afronta” Poderes ao pressionar por impeachment de ministros do STF
VÍRUS SEM TRÉGUA Em 24h, MT registra 115 mortes e mais de 2,2 mil casos de Covid
NA ASSEMBLEIA Antipetista radical assume AL até 5ª
NA VAGA Cattani se filiou no PSL em fevereiro e vai se efetivar na vaga deixada por Fávero
Publicidade

Copyright © 2013 - 2021 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados