• Diamantino, 13/11/2019
EMPREGO

IBGE abre seletivo com 400 vagas e salários de R$ 4,2 mil; veja oportunidades em MT

Aprovas está prevista para 1º de setembro e os aprovados devem ser convocados a partir do dia 27


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) abriu processo seletivo com 400 vagas, sendo nove para Cuiabá. As oportunidades estão distribuídas em 20 áreas de conhecimento e em todas as unidades da federação, sendo a maior parcela para o Rio de Janeiro, sede do IBGE. A remuneração mensal é de R$ 4,2 mil para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias. O edital foi publicado no Diário Oficial da União, que circula nesta segunda-feira (8).

A aplicação das provas está prevista para 1º de setembro e os aprovados devem ser convocados a partir do dia 27 do mesmo mês. Os contratados terão direito aos auxílios alimentação, transporte e pré-escolar, assim como a férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação vigente.

O período máximo da contratação é de 12 meses e os contratos terão vigência de 30 dias, podendo ser sucessivamente prorrogados por igual período, de acordo com a necessidade do trabalho e/ou disponibilidade de recursos orçamentários. O desempenho dos contratados será avaliado mensalmente.

As inscrições somente serão validadas após a confirmação do pagamento da taxa de R$ 64. Pretos ou pardos terão direito a 20% das vagas e pessoas com deficiência ao mínimo de 5%, de acordo com a legislação em vigor.

Serão 60 questões objetivas em língua portuguesa, conhecimentos específicos e raciocínio lógico, conforme descrito no edital. As provas dos candidatos da área de conhecimento de métodos quantitativos não terão questões de raciocínio lógico. Confira o edital AQUI

Veja os cargos disponíveis:



Veja também

Décimo Recurso arrecadado em mutirão será usado para pagar 13° de servidores, diz Mauro
CANETA AZUL Entenda de onde surgiu o hit ‘Caneta Azul’
HOMENAGEM Botelho evidencia importância dos servidores públicos para MT
INTERNACIONAL Voo entre Cuiabá e Bolívia está ‘empacado’ por exigência de apenas 9 m²; delegado da Receita deve se explicar à AL
ENERGIA Procon-MT orienta consumidores que questionam faturas de outubro
INCRA MT Demitido do Incra, general aponta esgoto e cita Barbudo; deputado nega interesse
Publicidade

Copyright © 2013 - 2019 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados