• Diamantino, 29/07/2021
CADEIA

Centro de Detenção Provisória será construído ao custo de R$ 12 milhões em Diamantino

Unidade prisional terá a capacidade de abrigar 400 detentos que deverão estudar e trabalhar para ajudar no custeio de sua estadia


Durante reunião com o de direito juiz Raul Lara Leite e o vice-prefeito de Diamantino, a assessora jurídica da vice governadoria do Estado de Mato Grosso, Maria Claudia Heming e o secretário adjunto de administração penitenciária Jean Gonçalves, apresentaram o projeto de construção da nova unidade prisional no município. A reunião foi realizada no gabinete do juiz Raul na tarde desta quarta-feira (17.02) no Fórum de Diamantino.


Com o custo estimado em R$ 12 milhões advindos de convênios com o Governo do Estado de Mato Grosso, o CDP será erguido numa área cedida pelo município de 55.356 mil metros quadrados  (5 hectares) localizada às margens da Rodovia Senador Roberto Campos (MT-240) no bairro do Buriti e terá a capacidade de abrigar cerca de 400 detentos em regime fechado. O local foi vistoriado e aprovado pelo secretário adjunto de administração penitenciária, Jean Carlos e pelo superintendente Anderson Santana.


A unidade que será construída em Diamantino traz a promessa de ser uma unidade modelo, com modernidade e alta segurança visando a recuperação dos reeducandos por meio do conceito de Cadeia Produtiva, onde os detentos estudam e trabalham desenvolvendo produtos e serviços para a sociedade, proporcionando a redução de sua pena e custeando parte de suas despesas no sistema.


Conforme conta Maria Claudia Heming "As características do modelo de Cadeia Produtiva, proporcionam ao reeducando o conhecimento teórico e o aprendizado de novas profissões, devolvendo-o ao convívio da comunidade com dignidade."


Participaram da reunião, os secretários de infraestrutura e chefe de gabinete da Prefeitura de Diamantino, Edson Lube e Gilson da Silva, respectivamente, o diretor da Cadeia Pública, Alexandre Krein, os vereadores Michelle Carrasco e Adriano, além dos membros da sociedade civil, Angélica Maciel e Genilson Mendes.

Veja também

ORÇAMENTO BILIONÁRIO Com R$ 10 bi, Justiça Eleitoral usa 64% dos recursos para salários
RODOANEL Governo de MT e União vão investir R$ 204 mi para retomar obras
VAGA NO STF Bolsonaro indica André Mendonça, seu ministro 'terrivelmente evangélico'
CORREIOS Prefeito recebe superintendente dos CORREIOS para alinhar parcerias
HOMOFOBIA Juiz manda Edna apagar posts por atacar Cattani e impõe multa; vereadora reage
ARTICULAÇÃO Cidinho se filia ao PSL para vencer radicais e atrair para o palanque do governador
Publicidade

Copyright © 2013 - 2021 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados