• Diamantino, 18/08/2022
MATO GROSSO

SES orienta municípios sobre retomada de cirurgias eletivas pelo Programa Mais MT

O programa visa realizar 138 mil procedimentos que serão custeados com um incentivo de aproximadamente R$ 105 milhões.


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) elaborou um Plano de Retomada de Cirurgias Eletivas durante a Pandemia pela Covid-19. O documento traz orientações aos hospitais públicos e privados de Mato Grosso sobre o retorno consciente e seguro dos procedimentos de modo a ofertar assistência integral aos usuários do sistema único de saúde (SUS).


Conforme o plano, que está disponível no site da SES neste link, para retomar a realização dos procedimentos eletivos é de suma importância a unidade de saúde verificar a capacidade operacional hospitalar; a existência de Equipamento de Proteção Individual (EPI); disponibilzar teste de Covid para proteger a segurança da equipe e do paciente, além de priorização e agendamento de casos (critério de agendamento).


O Plano foi o precursor do Programa Mais MT Cirurgias, lançado na última quinta-feira (15.07) com a proposta reduzir drasticamente a fila por procedimentos eletivos no Estado. O programa visa realizar 138 mil procedimentos que serão custeados com um incentivo de aproximadamente R$ 105 milhões.


As cirurgias estavam suspensas no Estado desde março de 2020 devido a pandemia pela Covid-19 e foi retomada após publicação no Diário Oficial do Decreto N° 989, de 05 de julho de 2021. A autorização do retorno dos procedimentos eletivos considerou a redução na taxa de ocupação dos leitos de internação de pacientes em tratamento do coronavírus.

Veja também

VEM PRÁ CAIXAÇA VEM!!! 'Caixaça Econômica': bar vai mudar de nome para não ser processado pelo banco
MENORES Em Diamantino, procurador do MPT destaca papel da rede de combate ao trabalho infantil
CULTURA Cine Rodas exibe curtas-metragens e animações ao ar livre em Cuiabá
VALOR DE R$ 13,5 BILHÕES Governo eleva corte no orçamento para dar aumento a servidores
POLEMICA Internautas pedem CPI após ataque à Lei Rouanet
DEFEITO Justiça manda substituir carrão que estragou durante garantia
Publicidade

Copyright © 2013 - 2022 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados