• Diamantino, 23/05/2022
ACORIZAL

Laudo aponta que assinatura de Benna renunciando à presidência da Câmara foi falsificada

Ao retomar o cargo de presidente da Câmara de Acorizal, ele foi surpreendido com um documento onde estaria renunciando à direção da Mesa Diretora


Fotografia: arquivo pessoal

A Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) divulgou o laudo pericial quanto à denúncia de falsificação de assinatura, fraude e crime eleitoral que marcaram o retorno do vereador Benancy Lemes da Silva (DEM), o Benna, à presidência da Câmara de Acorizal, após a derrota na eleição suplementar que aconteceu em agosto de 2021. Ao retomar o cargo de presidente da Casa, ele foi surpreendido com a apresentação de um documento onde supostamente estaria renunciando à direção da Mesa Diretora, ocasião em que apontou a falsificação de sua assinatura.


Conforme laudo assinado pelo perito oficial criminal Marcos Rogério de Paula, foram apontadas divergências na assinatura, sendo que a diferença entre a rubrica questionada e as produzidas pelo punho de Benancy resultou como provável divergência, ou seja, que a peça questionada não partiu do punho do escritor Benancy Lemes da Silva.


“Não obstante todos os apontamentos divergentes verificados e considerando as ressalvas discutidas (exemplar questionado único e carente de quantidade de elementos grafotécnicos suficientes para uma definição taxativa) o signatário entende que o cotejo entre a rubrica questionada e os paradigmas produzidos pelo punho escritor de BENANCY LEMES DA SILVA, resultou em confronto com PROVÁVEL DIVERGÊNCIA, ou seja, PROVAVELMENTE a peça questionada não partiu do punho escritor de BENANCY LEMES DA SILVA, evidenciando-se diversos elementos contrapostos”, aponta o laudo técnico.


Para atestar a falsidade da assinatura, a Politec aponta que foram utilizados para consecução dos exames sistemas de iluminação combinados a aparelhos ópticos específicos, dentre eles estação Documentoscópica “Comparador de Vídeo Espectral”, lentes de aumento e instrumentos fotográficos, com os quais se procedeu aos exames grafotécnicos, que procuraram examinar o grafismo contido no documento apresentado através de ofício de “Carta de Renúncia”.

Veja também

BENEFÍCIOS ILEGAIS MPE aciona TJ para derrubar VI e RGA de vereadores em MT
ELEIÇÕES 2022 Eduardo Gomes filia ao Patriota e representará o médio norte
XADREZ ELEITORAL Fim da janela partidária: veja para onde foi cada deputado de MT
PRESTANDO CONTAS Deputado Dilmar Dal Bosco apresenta balanço de ações realizadas em 2021
CONFUSO Deputado bolsonarista admite racha da direita em MT
FORTE 2024 Vereadora é cotada para prefeita em 2024
Publicidade

Copyright © 2013 - 2022 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados