• Diamantino, 16/05/2021
CONTRARIADO

Mauro vai sancionar projeto e joga para deputados culpa sobre retorno às aulas

E aí, estamos preparados pra isso? Mas, vou sancionar sim, não tenha dúvida”, concluiu.


Fotografia: Christiano Antonucci/Secom-MT

Após a Assembleia Legislativa aprovar Projeto de Lei que prevê a inclusão de instituições de ensino publicas e privadas como essenciais, o governador Mauro Mendes (DEM) anunciou que, mesmo contrariado, vai sancionar a proposta. Na prática, escolas poderão abrir para receber alunos mesmo durante alto risco de contaminação para Covid-19.



Eu vou aprovar, mas a Assembleia saiba o seguinte: vai ser responsabilidade deles, porque vamos ter que exigir que todos os professores voltem pra sala de aula. Porque deputados tem que aprender que lei tem consequência”


Governador Mauro Mendes

“A Assembleia tá dizendo que é essencial, se é essencial, como é que vou vetar uma lei dizendo que a educação não é essencial? Eu vou aprovar, mas a Assembleia saiba o seguinte: vai ser responsabilidade deles, porque vamos ter que exigir que todos os professores voltem pra sala de aula. Porque deputados tem que aprender que lei tem consequência”, disparou o governador em entrevista à rádio Jovem Pan nesta sexta (16).


O governador não esconde a preocupação sobre o assunto e chegou a sinalizar, semana passada, que não sancionaria sob a alegação de que crianças e jovens podem se contaminar e levar o vírus para casa. Mas tenta se esquivar de arcar com o peso político da decisão o que pretende fazer pesar sobre o Legislativo.


“Agora, como que eu vou falar não, olha, educação não é essencial? Fazendo todos os investimentos que estou fazendo, reformando, comprando notebooks, comprando tecnologia, material pelo mundo para por na nossa rede. É essencial. Agora, dizer que é essencial na forma da lei como fizeram, vai ter que sancionar e botar todo mundo na sala de aula. E aí, estamos preparados pra isso? Mas, vou sancionar sim, não tenha dúvida”, concluiu.


Está prevista ainda a vacinação dos profissionais da educação logo após a imunização das forças de segurança. O governador aguarda liberação do Ministério da Saúde sobre assunto e já autorizou a reserva de 10% das doses para a educação.

Veja também

MAMÃES Concurso vai dar 20 super prêmios para as 5 melhores fotos das mamães de Diamantino
LOCAL Agricultores de Diamantino articulam entrega de mais de 12 toneladas de alimentos para famílias e entidades carentes
COVID 19 Prefeitura publica novo decreto, confira o que está liberado e restrito no município
AGLOMERAÇÃO Covid-19: Saiba como denunciar aglomerações e outras infrações
BOM SINAL Diamantino reduz velocidade no contágio após medidas restritivas
DIAMANTINO Diamantino ganha destaque na AL com recursos para reforma de escolas
Publicidade

Copyright © 2013 - 2021 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados