• Diamantino, 24/01/2019
1º TRIMESTRE

Número de homicídios cai mais de 80% em MT 177


Fotografia: Reprodução

Redução nas ocorrências homicídios (8%), roubo (22%) e furto (20%) é o saldo do primeiro trimestre de 2018 em comparação com o mesmo período do ano passado, nas 15 Regiões Integradas de Segurança Pública (Risp) que engloba os 141 municípios.


O secretário de Segurança Pública, Gustavo Garcia, atribui o bom resultado ao trabalho integrado entre as forças policiais, os poderes, órgãos municipais, Ministério Público e secretarias estaduais, entre elas a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos.


Ele acrescenta que o incremento na atividade de inteligência ao longo da gestão e os investimentos e a motivação dos policiais fizeram a diferença e proporcionaram respostas precisas. Por exemplo o enfrentamento as facções criminosas vêm gerando impacto importante na redução de índices de criminalidade principalmente nos crimes contra vida e contra patrimônio.


“O desenvolvimento da atividade de inteligência e investimentos ao longo dos anos foram fundamentais e contribuíram com essa redução. O direcionamento das forças operacionais através da análise criminal potencializa as ações operacionais das forças de segurança.


O gestor cita que o fortalecimento das atividades operacionais também foi importante para a contenção dos índices. Isso se dá pelo aumento das operações integradas, pagamentos de diária e o fortalecimento do efetivo nas Risps do estado, como exemplo a Operações Bairro Seguro realizada nos 141 municípios.


Roubo e Furto


Dados da Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal da Sesp apresentam queda nas ocorrências de roubo (-27%) e furto (-33%) na Risp de Cuiabá que envolve os municípios de Acorizal, Chapada dos Guimarães, Nova Brasilândia, Planalto da Serra, Santo Antônio de Leverger e Barão de Melgaço. Em números absolutos foram menos 631 roubos e 1.755 furtos.


Segue a tendência com redução (-35%) em roubo e (-28%), em furto na Risp de Várzea Grande que compreende os municípios de Rosário Oeste, Nobres, Jangada, Poconé e Nossa Senhora do Livramento, o comparativo do ano passado e o mesmo período para este ano nos três primeiros meses do ano.


Ainda segundo dados, a Risp de Rondonópolis que envolve 15 municípios, houve queda fechando com menos 181 roubos e 79 furtos - (-31%) e (-8%), respectivamente se comparado com as ocorrências de 2017.


Homicídio


Devido a sazonalidade a Risp de Cuiabá em 2017 registrou 34 homicídios contra 37 deste ano, uma diferença de três mortes. A Risp de Várzea Grande segue a tendência, sendo 2017 com 24 homicídios contra 32, nos três primeiros meses de 2018.


Referente a esse aumento o secretário Gustavo Garcia destaca ser natural, pois segurança pública trabalha com ocorrências temporais e que o aumento está dentro da normalidade.


“Não há uma linha constante na criminalidade as variações ocorrem e cabe a análise criminal identificar as causas dessa variação. Na Segurança Pública se trabalha pelo período de um ano e identificamos essa sazonalidade por cada período.


O secretário acrescenta que dentro da política de redução de índices há muito que se comemorar os 8% de redução de homicídio em todo estado.


“Agora nosso foco é trabalhar a redução de homicídio na região metropolitana com base nos indicadores atuais. Identificamos o aumento e de imediato vamos combater de forma ostensiva e repressiva e logo em seguida de forma muito natural a redução irá acontecer”.

Veja também

EM NOBRES Mulher que estava desaparecida é encontrada morta no fundo de casa
EM NOBRES Homem briga com esposa e esfaqueia a si mesmo no Jardim das Palmeiras
VIOLÊNCIA SEM FIM NOBRES: Mulher é abordada por bandidos e tem moto roubada no Jardim Paraná
EM NOVA MUTUM Força Tática prende homem e apreende menor por tráfico de drogas
DESAPARECIDA Família procura adolescente de 15 anos que saiu para comprar 'baguncinha' e não foi mais vista
FORAGIDO Acusado de participar de chacina em Colniza é preso em São Paulo
Publicidade

Copyright © 2013 - 2019 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados