• Diamantino, 23/02/2020
CRITÉRIO ELEITORAL

"O DEM não apoiará nenhum candidato envolvido em corrupção"

Governador reforçou tese de não apoiar "mala sem alça" e citou critério para candidaturas


O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou, nesta segunda-feira (30), que o DEM não vai apoiar, nas eleições de 2020, nenhum candidato envolvido em esquemas de corrupção.




A declaração foi dada após ele ser questionado sobre a possibilidade de o partido apoiar a reeleição do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB).


 


Na semana passada, o senador Jaime Campos (DEM) disse que a sigla teria critérios na escolha e que não descarta o apoio ao prefeito.


 


“O senador Jaime tem razão. O DEM não vai apoiar aqui na Capital, não vão apoiar em Várzea Grande, e em nenhum dos municípios de Mato Grosso, 'malas sem alça'. Também não vai apoiar nenhum candidato envolvido em esquema de corrupção”, afirmou.


 







O DEM não vai apoiar aqui na Capital, não vão apoiar em Várzea Grande e em nenhum dos municípios de Mato Grosso malas sem alça




Mendes disse que o critério será um dos principais, quando começarem o período de definição de candidaturas.


 


“Assim espero e, no que depender de mim, nenhum candidato envolvido em esquema de corrupção”, disse.


 


Ao ser questionado se a declaração dizia respeito a Emanuel, Mendes emendou: “Nenhum candidato envolvido em esquema da corrupção”.


 


O prefeito é alvo de investigações por conta de um vídeo em que aparece recebendo maços de dinheiro do então chefe de gabinete do ex-governador Silval Barbosa. As imagens estão na delação premiada do ex-governador.


 


Jaime não descarta


 


Na última semana, o senador Jaime Campos afirmou não estar descartada a possibilidade de o DEM apoiar Emanuel.


 


Segundo ele, Emanuel está dentro do arco de aliança de seu grupo e desenvolve uma gestão exitosa na Capital.


 


Para Jaime, entretanto, a decisão passa pelo governador Mauro Mendes, que é quem tem maior peso na escolha, na visão do congressista.


 


Atualmente, ambos são adversários e trocam críticas por meio da imprensa. Para Jaime, as rusgas podem ser superadas.


 


“Se o partido tiver candidato, claro que tenho que acompanhar. Mas poderá [apoiar Emanuel]. Em política tudo é possível. Se tiver uma composição do DEM e MDB, que apoiou o Mauro Mendes, não vejo nenhuma dificuldade em apoiar Emanuel. Pelo contrário. Gosto e admiro o seu trabalho, que é exitoso e está correspondendo à expectativa de quem votou nele”, disse



Veja também

SENADOR ACom as candidaturas de Pivetta, Fávaro e Júlio, Mauro ficará neutro, afirma Botelho
LONGEVIDADE NO PODER Carvalho elogia Botelho, mas garante que Paiaguás não interfere por reeleição na AL
REGULARIZAR TRE muda prazos para regularizar quase 600 mil títulos e evitar ausências em eleição suplementar
VIAGEM PARA A ESPANHA MPE apura se conselheiro recebeu diárias internacionais a mais
ELEIÇÕES 2020 Zé Gazzeta oficializa apoio a Cleber Soares
LUTO Morre Benedito Caetano Botelho, pai do presidente da ALMT deputado Eduardo Botelho
Publicidade

Copyright © 2013 - 2020 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados