• Diamantino, 16/02/2019
POLÍCIA CIVIL

Wancley comemora aprovação de reconhecimento de nível superior para Polícia Civil 1140


Fotografia: Reprodução

Após intensa articulação do deputado Wancley Carvalho (PV) foi aprovada em segunda votação, na sessão ordinária da Assembleia Legislativa, desta quarta-feira (04), a Mensagem 65/2017, de autoria do executivo que trata do reconhecimento de nível superior para as carreiras de escrivão e investigador da Polícia Civil.


De acordo com o parlamentar, desde 2004, foi instituída a obrigatoriedade do nível superior para ingresso na Polícia Civil. Em 2010, com a definição do novo estatuto da categoria, o equívoco, conforme classificou o deputado, não foi corrigido.


A mensagem chegou ao parlamento em 23 de agosto, e foi aprovada em primeira votação pelos deputados em 25 de setembro. O parlamentar solicitou dispensa de pauta para dar celeridade na aprovação. Ainda em 2016, Wancley chegou apresentar projeto de Lei Complementar sugerindo a alteração.


“Essa é uma reivindicação antiga da categoria. Construímos a minuta do projeto e foi a mesma que o Governo do Estado encaminhou para que pudéssemos aprovar. Acredito que é a correção de um erro histórico na categoria, já que existe a obrigatoriedade de nível superior para ingresso, porém não havia seu devido reconhecimento, na carreira”, enfatizou Wancley.


Ainda segundo Wancley, essa mudança organizacional é necessária para valorização dos policiais civis. A alteração, sobretudo, não gera despesa para o executivo. “O reconhecimento dos profissionais garantirá progresso na qualidade dos inquéritos e melhor serviço prestado à população. A Polícia Civil passa por um processo de evolução contínua. E com uma instituição mais forte e valorizada, quem ganha é a sociedade”, finalizou o parlamentar.



Agora, depois de aprovada, o texto retorna ao governo, para sanção do governador.

Veja também

PACOTÃO DE MENDES Novato: deputados atuais têm legitimidade para aprovar projetos
Nova Mutum Rosariense Altair Albuquerque é eleito presidente da câmara de Nova Mutum
Wener Santos foi convidado para assumir a Secretaria Adjunta de Cidades
SUSPENSO Justiça derruba atos da Câmara e devolve cargo à prefeita de Denise
BBC Da cadeia, Lula diz que venceria Bolsonaro e acusa Moro de ‘fazer política e não justiça’
HOJE Oposição do executivo vai disputar presidência da Câmara de Acorizal
Publicidade

Copyright © 2013 - 2019 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados