• Diamantino, 16/02/2019
EXECUÇÃO

Disputa por terras motivou execução de líder de assentamento em frente a prefeitura de MT 244


Fotografia: Reprodução

Carlos Antônio dos Santos, 51 anos, executado na última quarta-feira (07), em frente à Prefeitura de Paranatinga (a 387 km de Cuiabá), foi morto por conta de uma disputa por terras, segundo as investigações da Polícia Judiciária Civil (PJC) do município. A vítima era liderança do Assentamento PDS Rio Jatobá (Santiago do Norte). Um inquérito foi instaurado para identificar a autoria do homicídio.

A principal linha de investigação segue para motivação relacionada à disputa por terras. Segundo o delegado Pablo Borges Rigo, no ano passado a vítima havia registrado alguns boletins de ameaças. Diligências foram realizadas para identificar os supostos autores, cuja vítima apenas indicava codinomes.

Como o caso envolve questões agrárias, os moradores passaram poucas informações, por ficarem receosos e com medo. Carlos estava acompanhado da mulher e da filha menor de idade, que estavam com ele dentro do veículo EcoSport, em frente à Prefeitura do município.

Carlos Antônio chegou a ser socorrido, mas morreu após dar entrada na unidade hospitalar. A mulher foi atingida de raspão no braço e a filha nada sofreu. As duas passam bem.

O crime

De acordo com informações da polícia, por volta das 9h40 uma equipe da PM foi acionada para atender uma ocorrência de disparos de arma de fogo com óbito em frente à prefeitura. Ao chegar ao local os militares encontraram a senhora M.B., de 47 anos, e sua filha de 9, que estavam dentro do veículo no momento dos disparos.

A mulher contou que dois homens em uma motocicleta vermelha se aproximaram do veículo Ecosport onde ela estava com a filha e o marido, e um dos suspeitos teria efetuado vários disparos de arma de fogo contra eles. Carlos Eduardo foi atingido e depois socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao Hospital Municipal, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Veja também

EM NOBRES Espingardas e munições são apreendidas pela PRF
VIOLÊNCIA SEM FIM Assaltantes invadem casa de advogado e fazem família refém
EM NOBRES 4 pessoas foram detidas pela PM por suspeita de porte ilegal de arma de fogo
NESSA MADRUGADA Frigorifico é alvo de assaltantes que fogem levando caminhão de carne
EM NOBRES PM divulga resultado da Operação Saturação
EM NOBRES Homem foi preso por dirigir embriagado
Publicidade

Copyright © 2013 - 2019 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados