• Diamantino, 21/03/2019
PROJETO DE LEI

BR-163 pode levar 14 anos para ter duplicação concluída 405


Fotografia: Reprodução

O Governo Federal avalia enviar um projeto de lei para o Congresso propondo elevar para até 14 anos o prazo para que as concessionárias de rodovias privatizadas façam a duplicação das vias.


Uma das beneficiadas seria a Rota do Oeste, a empresa do Grupo Odebrecht que administra a BR-163, entre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. A concessionária assumiu a rodovia em 2014, recebendo inicialmente um prazo de cinco anos para finalizar a duplicação.


A medida busca atender a um pleito de empresas que venceram os leilões durante as gestõs petistas. As concessionárias argumentam que o modelo de concessão superestimou o crescimento da economia brasileira, o que acabou por praticamente inviabilizar o negócio após a crise dos últimos dois anos.


Recentemente, motoristas chegaram a realizar um protesto em uma praça de pedágio da 163, cobrando a conclusão da duplicação.

Veja também

EM NOVA MUTUM Polícias Militar e Civil recuperam motocicletas furtadas; duas pessoas são presas
HOJE Briga termina com um ferido em Tangará
EM NOBRES Mulher leva 3 tiros ao chegar em casa; filho de empresário é principal suspeito
Jovem é executado a tiros à queima roupa no bar em Jangada
EMBRIAGUES Jovem joga cerveja em viatura e foge deixando moto para trás
EM DIAMANTINO Bandidos invadem fazenda e roubam caminhonete e armas segunda-feira, 18 de março de 2019
Publicidade

Copyright © 2013 - 2019 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados