• Diamantino, 24/04/2019
FACÇÃO

Homem é esfaqueado e atribui crime a membros da facção Comando Vermelho 850


Fotografia: Reprodução

Um homem sofreu uma tentativa de homicídio na tarde desta sexta-feira (31), no bairro São Mateus, em Várzea Grande, e foi atingido por vários golpes de faca na barriga, costas e tórax. De acordo com a Polícia Militar, 5 homens participaram do ataque e todos teriam ligação com a facção criminosa Comando Vermelho (CV). O motivo do crime seria um acerto de contas já que o homem esfaqueado seria o autor de um estupro contra uma criança.


Segundo o oficial de área do 4º Batalhão da Polícia Militar, o homem estava em casa com a mulher e o filho quando os suspeitos chegaram no local dizendo que iriam cobrar uma dívida de um abuso sexual.


Dois deles ficaram em frente a casa, enquanto 3 entraram e exigiram que a mãe e a criança saíssem do local.


A vítima relatou que ao perceber que seria executada tentou fugir. Porém, foi atingida por vários golpes de faca.


Os autores da tentativa de homcídio fugiram e a vítima buscou ajuda em uma casa vizinha. A Polícia Militar foi acionada e também o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que encaminhou o ferido ao Pronto-Socorro de Várzea Grande.


As informações sobre a quantidade de envolvidos no ataque e o recado deixado por eles foram repassadas pela própria vítima à Polícia Militar. Rondas foram feitas na região, mas nenhum suspeito foi dedito até o momento.


De acordo com a Polícia Militar, não há denúncia de estupro contra a vítima, cujo nome não foi divulgado. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil.

Veja também

NESTE SÁBADO Trio suspeito de fazer idosos reféns durante assalto em fazenda em Rosário Oeste é preso
EM ARENÁPOLIS Bandidos assaltam mercearia e fogem atirando para cima
EM JANGADA Em ação rápida, polícia evita assalto e prende 5 suspeitos
EM NOBRES Homem é preso por roubo de residencia no bairro São José
EM NOVA MUTUM Delegada fala da prisão do suspeito de Matar taxista
EM JANGADA Empresário denuncia ameaça de morte por pessoas ligadas a prefeito
Publicidade

Copyright © 2013 - 2019 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados