• Diamantino, 22/08/2019
PAZ E DEMOCRACIA

Apoiadores de Haddad promovem caminhada em Cuiabá 786

Com faixas, bandeiras e cartazes, os apoiadores de Haddad se manifestaram por ruas da Capital


Fotografia: Marcus Vaillant/ Gazeta Digital

Manifestantes favoráveis à campanha do presidenciável Fernando Haddad (PT) se reuniram na manhã deste sábado (20) em frente à Igreja do Rosário e São Benedito, na região Central de Cuiabá, para realizar uma "Caminhada pela Paz e Democracia" em apoio ao candidato que disputa o 2º turno contra Jair Bolsonaro (PSL). Após a concentração, os militantes caminharam pelo Centro Histórico da Capital até a Praça da República, na avenida Getúlio Vargas.


 


Com faixas, bandeiras e cartazes, os apoiadores de Haddad chamam a atenção para a busca de paz e defesa da democracia.


 


A técnica de educação básica, Edna Bernardo, participou do ato e se diz preocupada com a atual situação de divisão política instalada no país.


 


“É muito preocupante o rumo que as eleições tomaram. Está havendo um debate de confronto quando deveria haver debate de ideias. Estou aqui defendendo uma bandeira que eu entendo ser a mais democrática, da qual eu pertenço como classe trabalhadora. Enquanto do outro lado não tem feito proposta”, afirma.


 


A servidora estadual pontua ainda preocupação sobre a forma como alguns eleitores de Jair Bolsonaro têm se manifestado. “Eles têm demonstrado ódio muito grande em algumas questões, que nós sabemos que historicamente sabemos que foram defendidos por grupos e movimentos sociais e que hoje corre grande risco”, frisa Edna.


 


Para coordenador geral da campanha de Haddad em Mato Grosso, Carlos Abicalil, a disputa pela Presidência da República é mais do que uma campanha eleitoral. “É a opção pela consolidação da prática democrática, da liberdade de opinião, da garantia de direitos, da liberdade de manifestação, da consolidação de uma política de inclusão e repartição de renda e por outro lado às ameaças de medo, pânico, tortura, práticas de discriminação”, pontua.


 


A professora Ivone Rodrigues dos Santos, 31, atribui o desconhecimento da população sobre as opções à presidência devido às falsas notícias e “propagação de ódio”. “Há uma falta de noção do que realmente é o processo democrático. Nós precisamos dialogar olho no olho, mostrando os fatos e não com brigas o que tem causado um processo de intolerância geral. Espero que ao fim deste pleito eleitoral não surja uma onda de ódio e que o respeito prevaleça acima de tudo”, afirma.


 


Aposentado após 22 anos lecionando, o professor de economia política Vicente Ávila faz questão de declamar o verso de um poema com crítica aos fatos ocorridos em meio a campanha realizada no 1º turno e com alusão ao pleito do 2º turno. “Que facada em candidato nunca mais aconteça e que aquelas coisinhas espalhadas pelo intestino não subam para a cabeça”, recita Ávila.


 


Conforme a previsão dos participantes, o movimento deve seguirr ao longo do dia com manifestações culturais, promovida por iniciativa de artistas da cidade na região central de Cuiabá.


 


 


Dentre os participantes do evento, estão petistas e simpatizantes, lideranças do partido que estão ajudando a alavancar a campanha de Haddad em Mato Grosso, a exemplo do deputado estadual Valdir Barranco, presidente do Diretório Estadual. E também pessoas que não concordam com os posicionamentos políticos do adversário de Haddad no 2º turno da eleição presidencial que acontece no dia 28 deste mês.

Veja também

FAKE DELIVERY Assessor de Barranco é preso em Diamantino
REVERÊNCIA Botelho entrega título de Cidadão MT para ministro Dias Toffoli
GRAMPOLÂNDIA - NOTA DE ESCLARECIMENTO Promotores e ex-procurador do MPE são citados em interrogatório dos acusados no processo. “Nosso trabalho é feito com transparência”!
GREVE DOS PROFESSORES TJ dobra multa ao Sintep por voltar a impedir servidores de trabalhar
FORA POR ENQUANTO Botelho comunica cúpula do DEM que não pretende ser candidato a prefeito
SEDUC Delator reafirma em audiência divisão de propina na Seduc entre Guilherme Maluf, Permínio e Alan
Publicidade

Copyright © 2013 - 2019 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados