• Diamantino, 22/01/2019
DADOS IMEA

Após sequência de quedas, custo da lavoura de soja dispara e é o maior em 5 anos no MT 294


Fotografia: Reprodução

Após uma sequências de cinco quedas consecutivas o custo para produzir lavouras de soja em Mato Grosso disparou e bateu a marca da safra de 2015.


Hoje para cultivar um hectare o produtor rural tem que desembolsar em média R$ 3.908,77 (três mil novecentos e oito reais com setenta e sete centavos). Quase trezentos reais a mais do que na safra passada.


No último ciclo o produtor gastou em média R$ 3.628,50 (três mil seiscentos e vinte e oito reais e cinquenta centavos) por hectare. Diferença exata de R$ 290,27 por hectare. Isso representa um custo de quase R$ 300 mil a mais em uma lavoura de mil hectares.


E no entanto um levantamento feito pelo Imea  (Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária) mostra que a expectativa de produtividade das lavouras é menor que a do ano passado. A queda estimada é de -1.83% com média de 56,23 sacas por hectare contra 57,28 da safra anterior.


Para estipular o custo de produção os técnicos do Imea avaliar vários preços como os de insumos, defensivos, mão de obra entre outros. O custo médio com a mão de obra subiu, por exemplo, de R$ 105,57 por hectare para R$ 111,58. O custo para armazenar o grão também aumentou, passou de R$ 24,87 para R$ 29,24 em média.

Veja também

GOVERNO BOLSONARO Centrais sindicais ignoradas na formulação da reforma da Previdência
VEJA AS OPORTUNIDADES 15 concursos abertos em Mato Grosso oferecem salários de até R$ 13,4 mil
ENEM Sisu abre inscrições na terça; veja dicas para conseguir uma vaga
SUSPENSO Calamidade suspende concursos até junho
EM DIAMANTINO TRE-MT realiza revisão em 26 municípios; veja local e horário em Diamantino
ECONOMIA Diferença de preço na gasolina chega a 124% a mais em postos pelo País
Publicidade

Copyright © 2013 - 2019 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados