• Diamantino, 22/08/2019
BALANÇO

Eleitorado de MT cai 4,1%, aponta TRE


Fotografia: Reprodução

O eleitorado de Mato Grosso teve redução de 4,1% nos últimos 12 meses, segundo dados estatísticos do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT). Ao todo, o número de eleitores inscritos no estado passou de 2.263.209 milhões para 2.170.047 milhões entre janeiro de 2018 e janeiro de 2019.


O levantamento considera apenas as inscrições em situação regular com a Justiça Eleitoral, não sendo considerados para fins de estatísticas as inscrições canceladas ou suspensas.


Entre os municípios que sofreram redução no quantitativo de eleitores estão os que passaram pela revisão com cadastro biométrico. Isso ocorre porque a Justiça Eleitoral cancelou a inscrição eleitoral de todos os eleitores que não atenderam à convocação.


Entre as reduções estão: Várzea Grande com menos 24% (de 183.968 para 139.843), seguido por Cuiabá, com perca de 24% (de 413.975 para 327.273) e Sinop, que de 93.316 cadastrados passou para 87.810, o que representa um percentual de – 17,6%.


Segundo o balanço, apesar da queda, alguns municípios tiveram aumento.


No período avaliado, Lucas do Rio Verde apresentou o maior índice de crescimento em seu eleitorado que passou de 39.514 para 43.056.


Na sequência está Brasnorte que passou de 10.663 para 11.531 eleitores. Na última colocação, entre os municípios que apresentaram crescimento de eleitorado está Alto Garças, com aumento percentual de 0,1% (de 7.319 para 7.323).


Nos próximos meses os eleitores que estão com o título cancelado devem procurar à Justiça Eleitoral para regularização, fato que irá modificar o quantitativo de eleitores.

Veja também

PAGAMENTO Governo antecipa pagamento de julho e folha suplementar
FAKE DELIVERY Expuseram minha casa e família sem necessidade, afirma Rosa Neide
MIRASSOL D´OESTE Assessor jurídico deve escolher entre cargo público ou advocacia privada
NOTA MT Estado sorteia mais de R$ 500 mil em dinheiro; veja lista dos ganhadores
ABANDONO DE CARGO Servidor grevista deve voltar ao trabalho sob pena de demissão, orienta PGE
DEMISSÃO Governo estuda afastar servidores da educação em greve há 71 dias
Publicidade

Copyright © 2013 - 2019 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados