• Diamantino, 22/08/2019
Saída de Cuiabá

Juiz manda posto pagar R$ 800 mil em multas por preço abusivo em combustível

O posto foi condenado em 2015 por práticas abusivas ao consumidor, praticadas entre outubro de 2010 e março de 2011


juiz Bruno D’Oliveira Marques, da Vara Especializada de Ação Civil Pública e Ação Popular, intimou o posto Bom Clima a pagar R$ 20,2 mil e R$ 794,2 mil referentes a duas multas em processo movido pelo Ministério Público Estadual por venda de gasolina a preço supostamente abusivo. O magistrado também autorizou o bloqueio de R$ 91,6 mil nas contas da empresa.


O posto foi condenado em 2015 por práticas abusivas ao consumidor, praticadas entre outubro de 2010 e março de 2011. De acordo com o MPE, o Bom Clima teria se aproveitado de reajustes no preço do etanol para aumentar, sem justa causa, suas margens de lucro no litro da gasolina comum.


Enquanto as distribuidoras aumentaram o preço do álcool em 5,76%, na época, o posto elevou o preço da gasolina em 10,83% na bomba.


A empresa deveria publicar anúncios mostrando a condenação em três jornais de grande circulação no Estado, mas deixou de cumprir a obrigação e, por isso, foi multada. A outra punição diz respeito ao descumprimento da obrigação de apresentar notas fiscais da compra da gasolina.


Pelo lucro abusivo, o posto foi condenado a recolher R$ 50 mil ao Fundo Estadual de Defesa do Consumidor. O valor foi atualizado com juros e mora pelo juiz, chegando aos R$ 91,6 mil que deverão ser bloqueados.


A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico de terça (19). A empresa tem prazo de cinco dias para recorrer e questionar os valores.

Veja também

PAGAMENTO Governo antecipa pagamento de julho e folha suplementar
FAKE DELIVERY Expuseram minha casa e família sem necessidade, afirma Rosa Neide
MIRASSOL D´OESTE Assessor jurídico deve escolher entre cargo público ou advocacia privada
NOTA MT Estado sorteia mais de R$ 500 mil em dinheiro; veja lista dos ganhadores
ABANDONO DE CARGO Servidor grevista deve voltar ao trabalho sob pena de demissão, orienta PGE
DEMISSÃO Governo estuda afastar servidores da educação em greve há 71 dias
Publicidade

Copyright © 2013 - 2019 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados