• Diamantino, 17/02/2020
108 ACIDENTES

Número de acidentes de trabalho com mortes cresceu 32% em Mato Grosso


Fotografia: Reprodução

Mato Grosso registrou, no ano passado, 108 acidentes de trabalho com mortes. O número é 32% maior que o verificado em 2017, conforme informações do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho.


Na última quarta-feira (24), o Ministério Público do Trabalho e a Organização Internacional do Trabalho, responsáveis pelo desenvolvimento do Observatório, divulgaram os dados atualizados até 2018.


No Brasil, foram 2,022 mil mortes contabilizadas no ano passado, 30 a mais que em 2017. Apesar da pequena variação, foi a primeira vez, desde 2013, que o número voltou a subir. Até então, seguia uma trajetória de forte queda.


As informações revelam que Mato Grosso ocupa a 11º colocação no ranking nacional de acidentes de trabalho no acumulado dos últimos sete anos. De 2012 a 2018, foram registrados cerca de 70 ocorrências no estado, ou 2% do total verificado no Brasil. São Paulo (37%­­), Minas Gerais (10%) e Rio Grande do Sul (8%) figuram nas primeiras posições.


No mesmo período, ocorreram 4,5 milhões de acidentes e doenças que vitimaram trabalhadores, com um gasto previdenciário estimado em R$ 80 bilhões, somente com despesas acidentárias. Ao todo, foram cerca de 17 mil mortes.


Setores atingidos


Em relação a Mato Grosso, os dados atualizados pelo Observatório indicam que o setor de abate de animais é que mais contabiliza acidentes. De 2017 a 2018 foram 13 mil, ou 18% do total de ocorrência no estado. Entre os tipos de lesões mais comuns, a fratura figura na primeira colocação: Foram cerca de 17 mil, seguida por cortes e lacerações, com 15 mil, e contusões e esmagamentos, com 8 mil. Aproximadamente 1,4 mil trabalhadores sofreram amputações.


28 de abril


Este domingo, 28 de abril, marca o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho. A data foi instituída pelo Organização Internacional do Trabalho (OIT) como forma de chamar a atenção da sociedade para o problema no mundo.


No Brasil, o mês de abril também marca o desenvolvimento de ações de sensibilização para o tema, com a campanha Abril Verde.


O TRT de Mato Grosso desenvolve uma série de ações no estado com foco na prevenção desde 2013, como palestras em escolas e canteiros de obras. Este mês, o foco foi os trabalhadores que atuam nos serviços de saneamento na Capital. O alerta para os perigos dos acidentes e para a necessidade de respeito às normas de segurança e de uso de EPIs, por exemplo, chegou às obras da ETA Sul e a gestores de empresas terceirizadas que prestam serviços para a concessionária Águas Cuiabá. O Tribunal também investiu em campanhas de divulgação de mídia, com a sugestão de entrevistas e reportagens na mídia local.

Veja também

MODELO MERCOSUL Mudança para o novo padrão de placa veicular será de forma gradativa
CONSTRANGIMENTO Bradesco deve pagar R$ 10 mil a cliente sem braço obrigado a assinar documento
CONTINUIDADE DE LICITAÇÃO TCE dá “sinal verde” para terceirização da cobrança da dívida ativa em MT
CONCURSO INSS abre concurso para 950 vagas; salário chega a R$ 7,5 mil
IMPOSTO Desconto no pagamento do IPVA à vista em MT pode chegar até 5%
VEJA LISTA Paiaguás divulga a lista de 22 feriados e pontos facultativos de 2020 em MT
Publicidade

Copyright © 2013 - 2020 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados