• Diamantino, 09/12/2019
DEFESA DOS IDOSOS

Botelho defende criação de conselhos de idosos nos municípios

Governo deverá criar incentivos para que municípios tenham condições de atender a demanda


Já está em tramitação na Assembleia Legislativa, o projeto de lei que autoriza o Poder Executivo a estimular a criação de Conselhos de Idosos nos municípios. De autoria do presidente da ALMT, deputado Eduardo Botelho (DEM), a proposta cumpre pauta na Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Amparo à Criança, ao Adolescente e ao Idoso.


Para isso, o governo deverá celebrar convênios e termos de cooperação técnica e financeira para subsidiar os municípios a instituírem os respectivos conselhos, desde que eles cumpram a Lei Federal 10.741, de 1º de outubro de 2003, que trata Estatuto do Idoso, bem como o Decreto Federal n.º 5.109, de 17 de junho de 2004, que dispõe sobre a composição, estruturação, competências e funcionamento do Conselho Nacional dos Direitos do Idoso – CNDI.


Na proposta, Botelho cita que os conselhos municipais deverão funcionar como órgão de representação dos idosos e de interlocução junto à comunidade e aos poderes públicos na busca de soluções compartilhadas, em sintonia às políticas nacional e estadual e se adequar as regras e leis aprovadas e regulamentadas.


Objetivo é adotar diretrizes das políticas públicas nacionais de amparo e proteção aos idosos. Promovendo amplo debate sobre as necessidades dos idosos e encaminhar as demandas aos órgãos competentes.


Além disso, visa a formulação da política municipal do idoso; sensibilizar os poderes quanto ao atendimento das demandas; firmar parcerias que promovam os direitos dos idosos; fortalecer o conselho municipal, dentre outras ações.


“Diante da importância desse proposta, solicitamos o apoio de todos os pares para aprovação”, diz Botelho na justificativa da proposta, que foi apresentada no início deste mês.

Veja também

RÁDIO TRT 104,3 FM Parceria com Assembleia Legislativa efetiva Rádio TRT FM
APRENDIZ CIEE oferece 50 vagas imediatas para aprendizagem
SELETIVO Prefeitura de Matupá abre 21 vagas em seletivo para contratação imediata
FIM DA FARRA Autarquia proíbe afastamento de servidores públicos para cursos em MT
CRIME ELEITORAL Vereador em MT é cassado e condenado à prisão por apresentar documento falso
ARRECADAÇÃO Mutirão Fiscal negocia débitos de R$ 118,5 milhões de contribuintes em atraso
Publicidade

Copyright © 2013 - 2019 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados