• Diamantino, 09/12/2019
CPF NA NOTA

Sefaz distribui material sobre a Nota MT no comércio de Cuiabá e VG

Comerciantes também poderão fazer o download e a impressão do material no site do programa


Fotografia: Flávio Costa/Sefaz-MT

A Secretaria de Fazenda (Sefaz) já está distribuindo material orientativo aos comerciantes mato-grossenses, com o objetivo de difundir o programa Nota MT. Nesta sexta-feira (28.06), será feita uma ação intensiva de distribuição do material na região central de Cuiabá. Ela se estenderá nos próximos dias às demais regiões da capital e também em Várzea Grande.


A ação alcançará, ainda, os estabelecimentos do interior do estado que receberão ao longo das próximas semanas o conteúdo midiático.


A Sefaz ressalta que todo o material também está disponível para download no portal da Nota MT. Dessa forma, o comerciante pode fazer a impressão dos cartazes para afixar no seu estabelecimento.


De acordo com o artigo 16 do Decreto 139/2019, que institui e regulamenta a Nota MT, os estabelecimentos mato-grossenses, fornecedores de bens e mercadorias, são obrigados a informar, mediante cartazes e verbalmente no ato da venda, aos consumidores o direito de incluir o número do seu CPF na nota fiscal.


A falta de emissão da nota fiscal ou a recusa a incluir o CPF do consumidor no documento são infrações e estão sujeitas às penalidades. Caso o consumidor se depare com alguma situação semelhante, ele poderá registrar uma reclamação no site da Nota MT.


A inserção do CPF na nota pode ser solicitada nas compras de mercadorias ou bens, com exceção das vendas realizadas por microempreendedor individual (MEI). Dentre as vendas em que é possível pedir o CPF no documento fiscal estão as realizadas em supermercados, lojas de departamentos, bares, restaurante, padarias, postos de combustíveis, hotéis e lojas de calçados e artigos para viagem.


A compra de produtos na modalidade “delivery” como pizzarias, lanchonetes, restaurantes, farmácias e floriculturas também são exemplo em que o CPF pode ser solicitado na nota. Nestas situações, é necessário que o fornecedor e o consumidor estejam localizados no mesmo município.


Para participar do programa Nota MT, além de pedir o CPF na nota é necessário possuir um cadastro com usuário e senha, que deve ser realizado somente uma vez. Para se cadastrar basta instalar o aplicativo no seu celular ou acessar o site da Nota MT, escolher a opção “criar conta” e informar os dados solicitados.


Nota MT


O Programa Nota MT visa estimular os consumidores de Mato Grosso a solicitarem o CPF na nota fiscal no momento da compra. É uma ação que estimula o exercício da cidadania fiscal, incentiva a emissão de documentos fiscais e combate à sonegação.


Semelhante aos programas existentes em vários estados, a Nota MT permite que o cidadão acumule bilhetes para participar de sorteios, com prêmios de até R$ 50 mil. Realizados de forma eletrônica, com base na extração da Loteria Federal, os sorteios possuem duas categorias: mensais e especiais. Este último acontecerá em datas comemorativas, a serem divulgadas posteriormente.


Dessa forma, cada nota fiscal emitida com o CPF vai gerar dois bilhetes, um para o sorteio mensal e outro para o sorteio especial, independentemente do valor da compra. Assim, as chances de ser contemplado são dobradas.


Até o final do ano mais de seis mil consumidores mato-grossenses serão contemplados nos sorteios da Nota MT, com prêmios de R$ 500, R$ 10 mil ou R$ 50 mil.

Veja também

RÁDIO TRT 104,3 FM Parceria com Assembleia Legislativa efetiva Rádio TRT FM
APRENDIZ CIEE oferece 50 vagas imediatas para aprendizagem
SELETIVO Prefeitura de Matupá abre 21 vagas em seletivo para contratação imediata
FIM DA FARRA Autarquia proíbe afastamento de servidores públicos para cursos em MT
CRIME ELEITORAL Vereador em MT é cassado e condenado à prisão por apresentar documento falso
ARRECADAÇÃO Mutirão Fiscal negocia débitos de R$ 118,5 milhões de contribuintes em atraso
Publicidade

Copyright © 2013 - 2019 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados