• Diamantino, 09/12/2019
EMPREGO

IBGE abre seletivo com 400 vagas e salários de R$ 4,2 mil; veja oportunidades em MT

Aprovas está prevista para 1º de setembro e os aprovados devem ser convocados a partir do dia 27


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) abriu processo seletivo com 400 vagas, sendo nove para Cuiabá. As oportunidades estão distribuídas em 20 áreas de conhecimento e em todas as unidades da federação, sendo a maior parcela para o Rio de Janeiro, sede do IBGE. A remuneração mensal é de R$ 4,2 mil para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias. O edital foi publicado no Diário Oficial da União, que circula nesta segunda-feira (8).

A aplicação das provas está prevista para 1º de setembro e os aprovados devem ser convocados a partir do dia 27 do mesmo mês. Os contratados terão direito aos auxílios alimentação, transporte e pré-escolar, assim como a férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação vigente.

O período máximo da contratação é de 12 meses e os contratos terão vigência de 30 dias, podendo ser sucessivamente prorrogados por igual período, de acordo com a necessidade do trabalho e/ou disponibilidade de recursos orçamentários. O desempenho dos contratados será avaliado mensalmente.

As inscrições somente serão validadas após a confirmação do pagamento da taxa de R$ 64. Pretos ou pardos terão direito a 20% das vagas e pessoas com deficiência ao mínimo de 5%, de acordo com a legislação em vigor.

Serão 60 questões objetivas em língua portuguesa, conhecimentos específicos e raciocínio lógico, conforme descrito no edital. As provas dos candidatos da área de conhecimento de métodos quantitativos não terão questões de raciocínio lógico. Confira o edital AQUI

Veja os cargos disponíveis:



Veja também

RÁDIO TRT 104,3 FM Parceria com Assembleia Legislativa efetiva Rádio TRT FM
APRENDIZ CIEE oferece 50 vagas imediatas para aprendizagem
SELETIVO Prefeitura de Matupá abre 21 vagas em seletivo para contratação imediata
FIM DA FARRA Autarquia proíbe afastamento de servidores públicos para cursos em MT
CRIME ELEITORAL Vereador em MT é cassado e condenado à prisão por apresentar documento falso
ARRECADAÇÃO Mutirão Fiscal negocia débitos de R$ 118,5 milhões de contribuintes em atraso
Publicidade

Copyright © 2013 - 2019 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados