• Diamantino, 11/08/2020
ALTO PARAGUAI

Deputados se valem de votação secreta para trair Governo Mauro

Emerson Almeida, reprovado por deputados, e José Rodrigues, chancelado por unanimidade para compor Ager-MT


Fotografia: JL SIQUEIRA

Alguns deputados aproveitaram a votação secreta na sessão nesta quarta para, num recado ao governador Mauro Mendes, demonstrar certo descontentamento. Rejeitaram, por 10 a 8, a indicação do advogado Emerson Almeida de Souza à diretoria da Ager-MT.


Enquanto o Palácio Paiaguás recebeu o resultado como uma traição de alguns da base - não sendo possível, por enquanto, identificá-los por causa da votação secreta -, deputados comentam nos bastidores que agiram assim como forma de avisar o Executivo que estão contrariados.


Alegam que o governo não paga emendas e não os reconhece pelo esforço de aprovar praticamente todas mensagens do Executivo, muitas delas tratando de temas polêmicos, que dividiram opinião e trouxeram desgaste político.


O presidente da Assembleia Eduardo Botelho também sentiu-se traído por certos colegas. Acreditava piamente que, assim como com José Rodrigues, aprovado por unanimidade pelos 17 parlamentares presentes, Emerson também passaria com certa tranquilidade pela votação em plenário, o que não aconteceu. Agora, o governador terá de indicar outro nome.

Veja também

NOVA DERROTA Adair perde novamente na justiça e segue inelegível
ALTO PARAGUAI Prefeita de Alto Paraguai tem gestão aprovada por 52% da população
ALTO PARAGUAI Assessor de Piveta assume que esta inelegível e tenta manobra
ALTO PARAGUAI Criança de dois anos more afogada em piscina
KIT 33 prefeituras de Mato Grosso distribuem
ATENDIMENTO TJ começa reabertura em etapas a partir de 27 de julho em cidades de baixo risco
Publicidade

Copyright © 2013 - 2020 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados