• Diamantino, 07/08/2020
NORTELANDIA

Procon cobra Energisa sobre prejuízos causados aos moradores em Nortelândia

municipio esta localizado a 240 km da capital e possui uma PCH.


Leituras por média em unidades consumidora urbanas, oscilações constantes de energia e não ressarcimento por danos em eletrodomésticos e resfriadores de leite, em Reunião Extraordinária do Conselho de Consumidores de Energia Elétrica do Estado de Mato Grosso (Concel-MT), realizada em Nortelândia, no dia 03 de outubro.


Além do Procon estadual e de membros do Concel-MT, participaram: representante da Energisa Mato Grosso, o prefeito de Nortelândia, Zema Fernandes, e o presidente da Câmara Municipal, Mariano Miranda. Os munícipes tiveram a oportunidade questionar sobre os problemas frequentes relacionados ao fornecimento de energia elétrica na cidade, que enfrenta problemas na prestação do serviço tanto na área urbana quanto rural.


Caso os problemas não sejam resolvidos, podemos registrá-los ao juntos aos órgão de proteção e controle, como Procon, Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Mato Grosso (Ager-MT) e Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL)

Veja também

NOVA DERROTA Adair perde novamente na justiça e segue inelegível
ALTO PARAGUAI Prefeita de Alto Paraguai tem gestão aprovada por 52% da população
ALTO PARAGUAI Assessor de Piveta assume que esta inelegível e tenta manobra
ALTO PARAGUAI Criança de dois anos more afogada em piscina
KIT 33 prefeituras de Mato Grosso distribuem
ATENDIMENTO TJ começa reabertura em etapas a partir de 27 de julho em cidades de baixo risco
Publicidade

Copyright © 2013 - 2020 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados