• Diamantino, 15/11/2019
PDT

Em Cuiabá, Carlos Lupi se refere a Taques como 'salafrário' e agradece Mauro por livrar MT do ex-governador

Taques foi eleito senador em 2010 e governador do Estado em 2014, quando ainda era filiado ao PDT.


Fotografia: Ahmad Jarrah

Em Cuiabá para participar da convenção estadual do PDT, o presidente nacional da sigla, Carlos Lupi, se referiu ao ex-governador Pedro Taques (PSDB) como ‘salafrário’ e agradeceu ao governador Mauro Mendes (DEM) por, segundo ele, livrar o Estado da gestão do tucano, que estava afundada em dívidas.



Mauro foi convidado ao evento pelo presidente regional eleito do partido, Allan Kardec, que hoje comanda a secretaria de Cultura, Esporte e Lazer do Estado. O governador chegou no final da convenção e foi saudado por Lupi, que relembrou da gestão problemática de Taques.

“Agradeço ao governador Mauro Mendes por ter livrado Mato Grosso daquele salafrário”, disse Lupi, ao dar boas-vindas a Mendes, garantindo que o considera como um aliado.

Taques foi eleito senador em 2010 e governador do Estado em 2014, quando ainda era filiado ao PDT. O ex-chefe do Executivo, no entanto, migrou para o PSDB em 2015, alegando ser contra o apoio pedetista à ex-presidente da República Dilma Rousseff (PT).

No PSDB, Taques chegou a tentar se reeleger em 2018, mas acabou sendo derrotado por Mauro Mendes, que contou com o apoio do PDT.

Durante discurso na convenção, Mendes elogiou o trabalho nacional e estadual do partido, além de garantir que estará junto da sigla nas eleições municipais de 2020.

Veja também

JATO E R$ 15 MIL Flamenguistas de MT podem ir ao Peru
CUSTO DE R$ 8,9 BILHÕE Bolsonaro extingue seguro obrigatório para veículos, o DPVAT
Eleição 2020 Oposição racha e Diamantino poderá ter quatro candidaturas.
FOGO AMIGO História antiga
Diamantino Câmara nega criação de nova secretaria
Nova Vocação Alto Paraguai investe na fruticultura
Publicidade

Copyright © 2013 - 2019 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados