• Diamantino, 24/09/2020
NOVA MARILANDIA

Detentas espancam mãe e madrasta presas por assassinar criança de 3 anos; Veja

As duas foram colocadas em um raio, considerado seguro pela carceragem da unidade


Mãe e madrasta presas após assassinar o filho de uma delas de 3 anos, registraram um boletim de ocorrência na tarde desta sexta-feira (29), onde afirmaram terem sido espancadas por outras detentas, dentro da Penitenciária Ana Maria do Couto, em Cuiabá.


Luana Marques Fernandes, de 25 anos, e Fabiola Pinheiro Bracelar, 22 anos – Mãe e madrasta respectivamente – do menino Davi Gustavo Marques de Souza, foram presas em flagrante na noite de terça-feira (26), após serem acusadas de agredir a criança até a morte, em Nova Marilândia.


De acordo com o boletim de ocorrência, as acusadas deram entrada na penitenciária feminina da Capital no período da manhã.


As duas foram colocadas em um raio, considerado seguro pela carceragem da unidade, no entanto, as dententas teriam descoberto o motivo pelo qual foram presas e, revoltadas com o caso agrediram as duas.


As agentes penitenciarias viram a situação e socorreram as criminosas, que foram encaminhadas para a Central de Flagrantes para registro da ocorrência.


Eles ainda foram encaminhadas para fazer os exames de corpo de delito.

Veja também

SEM MÁSCARA Desembargador de SP chama guarda-civil de analfabeto e rasga multa
NOVA MARINGÁ Criminosos deixam bomba em batalhão da PM em MT
DIAMANTINO PRF prende motociclista alcoolizado em Diamantino
ALTO PARAGUAI PM prendeu filho que matou a mãe em Alto Paraguai
LUCAS DO RIO VERDE Ligação com tráfico pode ter motivado mortes de DJ e mais 3 em MT
CRIME BRUTAL Polícia prende acusado de estuprar e matar mãe de PM em MT
Publicidade

Copyright © 2013 - 2020 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados