• Diamantino, 22/01/2021
MATO GROSSO

Caixa liberou R$ 2,3 bilhões em auxílios à pessoa física, revela superintendente

8 em cada 10 adultos no país têm ou já tiveram algum tipo de vínculo com a Caixa


Os auxílios pagos por meio da Caixa Econômica Federal (CEF) somam R$ 2,3 bilhões injetados na economia de Mato Grosso. É o que afirma o superintendente da CEF em Mato Grosso, José Antônio da Silva, quanto aos pagamentos do auxílio emergencial e do Bolsa Família. Falou ainda sobre novas regras para recebimento do auxílio emergencial decorrente da pandemia de Covid-19, em entrevista ao RDTV nessa quinta (30).


Segundo o superintendente, 8 em cada 10 adultos no país têm ou já tiveram algum tipo de vínculo com a Caixa, seja para lidar com Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) ou em busca de auxílios como o Bolsa Família, receber salários.


Ao destacar os valores movimentados pela Caixa no Estado, R$ 2,3 bilhões, José Antônio comparou o montante ao Produto Interno Bruto (PIB) de Mato Grosso no último ano, que foi de R$ 1,7 bilhão. “Assim, temos a dimensão do que representa o banco na vida econômica da população”.


Aproveitou para a pedir à população que tome medidas para evitar aglomerações dentro das agências e do lado de fora. "Peço às pessoas que sigam os calendários divulgados para irem até as agências e não procurarem com antecedência para evitar filas".


Explicou que mesmo aqueles que buscar a agência antes da data agendada, podem ter de esperar, pois estão sendo priorizados atendimentos em ordem cronológica. Falou ainda sobre as dificuldades que a população tem enfrentado quanto ao uso de aplicativos e garante que a instituição tem atuado para esclarecer dúvidas por telefone

Veja também

ACORIZAL MPE investiga município que recebeu R$ 1 milhão para tratar covid e está com posto cercado por grades
FAIXA EXCLUSIVA Cuiabá começa aplicar multas na Fernando Correa
ARMA CONTRA COVID Primeiro lote será usado para vacinar 32,5 mil pessoas em MT
MATO GROSSO Mauro proíbe festas com mais de 100 pessoas por segunda onda da Covid-19
TERMINAL FLUVIAL Agência nega pedido do Governo de MT para já operar Porto de Cáceres
PRAZO ESTENDIDO Governo transfere para março início do vencimento do IPVA 2021
Publicidade

Copyright © 2013 - 2021 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados