• Diamantino, 15/04/2021
MATO GROSSO

Caixa liberou R$ 2,3 bilhões em auxílios à pessoa física, revela superintendente

8 em cada 10 adultos no país têm ou já tiveram algum tipo de vínculo com a Caixa


Os auxílios pagos por meio da Caixa Econômica Federal (CEF) somam R$ 2,3 bilhões injetados na economia de Mato Grosso. É o que afirma o superintendente da CEF em Mato Grosso, José Antônio da Silva, quanto aos pagamentos do auxílio emergencial e do Bolsa Família. Falou ainda sobre novas regras para recebimento do auxílio emergencial decorrente da pandemia de Covid-19, em entrevista ao RDTV nessa quinta (30).


Segundo o superintendente, 8 em cada 10 adultos no país têm ou já tiveram algum tipo de vínculo com a Caixa, seja para lidar com Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) ou em busca de auxílios como o Bolsa Família, receber salários.


Ao destacar os valores movimentados pela Caixa no Estado, R$ 2,3 bilhões, José Antônio comparou o montante ao Produto Interno Bruto (PIB) de Mato Grosso no último ano, que foi de R$ 1,7 bilhão. “Assim, temos a dimensão do que representa o banco na vida econômica da população”.


Aproveitou para a pedir à população que tome medidas para evitar aglomerações dentro das agências e do lado de fora. "Peço às pessoas que sigam os calendários divulgados para irem até as agências e não procurarem com antecedência para evitar filas".


Explicou que mesmo aqueles que buscar a agência antes da data agendada, podem ter de esperar, pois estão sendo priorizados atendimentos em ordem cronológica. Falou ainda sobre as dificuldades que a população tem enfrentado quanto ao uso de aplicativos e garante que a instituição tem atuado para esclarecer dúvidas por telefone

Veja também

AGLOMERAÇÃO Covid-19: Saiba como denunciar aglomerações e outras infrações
BOM SINAL Diamantino reduz velocidade no contágio após medidas restritivas
DIAMANTINO Diamantino ganha destaque na AL com recursos para reforma de escolas
DIAMANTINO Cooperativa Sicredi vai destinar R$ 5 milhões para ações de combate à pandemia em Diamantino e mais 14 municípios
UM ANO Um ano após 1ª morte por Covid, doença está mais letal e mata também os jovens
LOS HERMANOS Cuba nega venda de vacina a ricos de MT: não negociamos com um direito humano
Publicidade

Copyright © 2013 - 2021 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados