• Diamantino, 25/02/2021
ACORIZAL

MPE investiga município que recebeu R$ 1 milhão para tratar covid e está com posto cercado por grades

Foram notificadas 562 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado


Fotografia: Rogerio Florentino

O Ministério Público de Mato Grosso (MPE) abriu investigação para apurar suposta negligência nas ações ao combate ao covid-19 pelo município de Acorizal (74 km de Cuiabá). Conforme informações preliminares, a cidade recebeu mais de R$ 1 milhão do Governo Federal para realizar trabalhos relacionados ao combate do vírus. Porém, o valor não está sendo corretamente empregado.


Conforme portaria de instauração do inquérito, “o único posto de saúde estaria com grades de proteção com as pessoas medindo pressão de pé por uma janela”. Documento, datado do dia 15 de janeiro, é assinado pelo promotor de Justiça Alexandre de Matos Guedes.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (17), 199.006 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 4.793 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 562 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 199.006 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 8.133 estão em isolamento domiciliar e 185.040 estão recuperados.

Veja também

CADEIA Centro de Detenção Provisória será construído ao custo de R$ 12 milhões em Diamantino
PRESTANDO CONTAS Secretários dão feedback ao prefeito dos trabalhos em execução
RESISTENCIA Idosa de 100 anos recebe vacina contra a Covid-19 em Diamantino
SENADO No Senado Federal, Carlos Fávaro faz compromisso com Diamantino
MARCA Dr Manoel sanciona padronização da nova identidade visual da Prefeitura de Diamantino
DIAMANTINO Cultura em pauta na visita da deputada Rosa Neide ao prefeito de Diamantino
Publicidade

Copyright © 2013 - 2021 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados