• Diamantino, 16/05/2021
CADEIA

Centro de Detenção Provisória será construído ao custo de R$ 12 milhões em Diamantino

Unidade prisional terá a capacidade de abrigar 400 detentos que deverão estudar e trabalhar para ajudar no custeio de sua estadia


Durante reunião com o de direito juiz Raul Lara Leite e o vice-prefeito de Diamantino, a assessora jurídica da vice governadoria do Estado de Mato Grosso, Maria Claudia Heming e o secretário adjunto de administração penitenciária Jean Gonçalves, apresentaram o projeto de construção da nova unidade prisional no município. A reunião foi realizada no gabinete do juiz Raul na tarde desta quarta-feira (17.02) no Fórum de Diamantino.


Com o custo estimado em R$ 12 milhões advindos de convênios com o Governo do Estado de Mato Grosso, o CDP será erguido numa área cedida pelo município de 55.356 mil metros quadrados  (5 hectares) localizada às margens da Rodovia Senador Roberto Campos (MT-240) no bairro do Buriti e terá a capacidade de abrigar cerca de 400 detentos em regime fechado. O local foi vistoriado e aprovado pelo secretário adjunto de administração penitenciária, Jean Carlos e pelo superintendente Anderson Santana.


A unidade que será construída em Diamantino traz a promessa de ser uma unidade modelo, com modernidade e alta segurança visando a recuperação dos reeducandos por meio do conceito de Cadeia Produtiva, onde os detentos estudam e trabalham desenvolvendo produtos e serviços para a sociedade, proporcionando a redução de sua pena e custeando parte de suas despesas no sistema.


Conforme conta Maria Claudia Heming "As características do modelo de Cadeia Produtiva, proporcionam ao reeducando o conhecimento teórico e o aprendizado de novas profissões, devolvendo-o ao convívio da comunidade com dignidade."


Participaram da reunião, os secretários de infraestrutura e chefe de gabinete da Prefeitura de Diamantino, Edson Lube e Gilson da Silva, respectivamente, o diretor da Cadeia Pública, Alexandre Krein, os vereadores Michelle Carrasco e Adriano, além dos membros da sociedade civil, Angélica Maciel e Genilson Mendes.

Veja também

MENSAL TJ bloqueia R$ 300 mil de deputado por participação no mensalinho da Assembleia
AVANÇO Reformas e construção de escola, Diamantino avança na Educação
POSTURA INADEQUADA Fávaro afirma que Bolsonaro “afronta” Poderes ao pressionar por impeachment de ministros do STF
DESENVOLVIMENTO Governo de Diamantino, SEDEC MT e Netto Alimentos projetam expansão da cadeia produtiva alimentícia
VÍRUS SEM TRÉGUA Em 24h, MT registra 115 mortes e mais de 2,2 mil casos de Covid
NA ASSEMBLEIA Antipetista radical assume AL até 5ª
Publicidade

Copyright © 2013 - 2021 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados